top of page

Saiba calcular quanto você deve beber por dia; 2 litros não valem para todos



Que beber água todo dia é essencial e importante todo mundo sabe, mas qual é a quantidade certa? Existe uma fórmula que indica quanto cada um deve tomar de água por dia. Mas tem outros fatores a serem considerados, como a prática de atividade física e se a pessoa sua demais.


Confira abaixo a conta que deve ser feita e os benefícios de se manter hidratado. 1 - Quanto de água devo tomar? Em média, um adulto precisa beber 2 litros de água por dia. Mas não tem uma fórmula única para todo mundo: a quantidade pode variar conforme o peso ou se a pessoa faz algum esporte, por exemplo. Dá para fazer um cálculo individual: multiplicar 35 ml pelo peso do seu corpo. Por exemplo: uma pessoa que pesa 55 quilos deve tomar pelo menos 1,9 litro diariamente. De acordo com médicos ouvidos pelo g1:

🚰 Água é insubstituível: o ideal é que esses dois litros sejam apenas de água, sem contar a que está presente em alimentos ou outras bebidas que podem ser ingeridas ao longo do dia.

💧 A melhor hidratação é feita de forma gradual: ou seja, beba pequenas quantidades de água durante a manhã, tarde e noite. Faz mal para a saúde ficar o dia todo sem beber uma gota e, à noite, tomar um litro de uma vez só.

💦 Para pessoas que suam mais, estão em locais quentes e secos ou praticam esportes e atividades físicas, o consumo de água diário pode aumentar para 3,5 até 4 litros.

🚱 Há pessoas que possuem restrições na ingestão de água e, por isso, podem beber apenas 1 ou 1,5 litro por dia. É o caso de pacientes com problemas cardíacos específicos ou outras comorbidades.

Segundo os especialistas, não dá para substituir um copo de água por uma lata de refrigerante ou um copo de suco. Se você quiser variar na ingestão do líquido, o ideal é fazer isso com a própria água. “O que dá para fazer é, em determinados momentos, tomar água aromatizada, com fruta ou gás para variar um pouco e ajudar no paladar”, diz o endocrinologista Madson Queiroz de Almeida, presidente do Departamento de Adrenal e Hipertensão da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM). Idosos também tendem a sentir menos sede. "Conforme vão envelhecendo, as pessoas vão perdendo o centro da sede e tendem a ser mais desidratadas", afirma a nutróloga e geriatra Mariana Carvalho.


Por que é bom beber água — Foto: Wagner Magalhães/Arte g1 2 - Água em pouca quantidade ou em excesso faz mal? Não tomar água ao longo do dia causa desidratação, que gera problemas de saúde a curto prazo, como intestino preso e pedras nos rins. O principal sinal que indica que você está desidratado é a sede. A desidratação também causa alterações na urina, que pode ficar mais escura e ter mal cheiro. Beber água demais também pode fazer mal. “Quando você tem um excesso de água, pode causar uma maior diluição do corpo humano e hiponatremia, que é uma baixa concentração de sódio no sangue. Quando isso acontece, a pessoa tem dor de cabeça, náuseas e confusão mental”, afirmou a médica.

De acordo com Mariana, excesso de água pode levar à morte em alguns casos: depende do estado de saúde da pessoa e de alguma restrição ou comorbidade que ela possa ter. 3 - Quais os benefícios da água? Especialistas afirmam que o ideal é sempre buscar o equilíbrio e beber água de forma regular e gradual, acordo com as suas necessidades diárias e geográficas. Seguindo essa regra, a água é responsável por uma série de benefícios para o corpo e para a saúde, como:

  • Regula a temperatura do corpo;

  • Hidrata a pele;

  • Mantém o nível de água corporal adequado;

  • Lubrifica as articulações;

  • Melhora o funcionamento do intestino e dos rins;

  • Desintoxica o organismo.

4 - Como se manter hidratado? Quem não tem o hábito de beber água com frequência precisa adotar táticas ao longo do dia para se manter hidratado. Uma delas já é velha conhecida: manter sempre uma garrafinha de água por perto.

“O que você não consegue medir, você não consegue quantificar nem qualificar", diz a nutróloga, que indica aos pacientes o uso de uma garrafa. "Serve para policiar, incentivar e metrificar a quantidade de água que você está bebendo”, explica.

Recentemente, virou febre nas redes sociais e começou a aparecer na lista de mais vendidas nos principais sites do país um novo modelo: as garrafas de água com frases motivacionais, que podem servir como um incentivo adicional. Garrafas desse tipo podem não estar acessíveis para todo mundo: em uma busca rápida na internet, há modelos sendo vendidos de R$ 10 a até mais de R$ 100. Na dúvida, a boa e velha garrafinha pet de 500 ml, vendida a R$ 2 nos supermercados, segue sendo uma alternativa de medição.

Além das garrafas, os preguiçosos da água também podem adotar outros métodos:

  • 🥤 Beber dois copos de água ao acordar;

  • 🍽 Beber água após as refeições;

  • ☕ Tomar um gole de água após o cafezinho;

  • ⌚ Colocar alarmes no celular ou em relógios digitais, que avisam que é hora de beber água.

Fonte: G1

6 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page