Sistema de saúde entra em colapso em Natal



Na região metropolitana de Natal, o sistema de saúde colapsou nesta quarta-feira (3). Não teve vagas de UTIs nem nas unidades de pronto-atendimento.


Dona Iraci foi diagnosticada com pneumonia na segunda-feira (1º). Nesta quarta-feira (3), o quadro se agravou e uma UTI móvel do SAMU levou a senhora de 84 anos pra um hospital. Ela esperou quase três horas dentro da ambulância porque a unidade estava lotada. A filha gravou a conversa com a médica.

Médica: Eu não tenho onde colocar. Luciana Fonseca, filha de Iraci: Vou tirar da ambulância e vai botar onde? Médica: O que é que eu vou fazer? Pelo amor de Deus. Filha de Iraci: Aí a gente vai deixar uma pessoa morrer porque não tem espaço para colocar?

Por volta das 11 da manhã Dona Iraci foi internada. A prefeitura de São Gonçalo do Amarante declarou que está com 12 pacientes internados esperando vagas em UTIs. E que o hospital está atendendo além do limite. Na última semana, o número de casos aumentou 75% em Natal e a taxa de ocupação das UPAs mais que dobrou.

Antes de conseguir atendimento em uma UPA da capital, Alexandre já tinha passado por outras. A esposa, que está grávida, e o filho de dez meses, estão com sintomas de Covid. "Já faz uns dias que eles estão com sintomas. Dor de cabeça, dor no corpo, falta de ar. Aí me preocupa muito. A gente veio fazer esse exame pra saber logo", disse. O bebê testou positivo e o pai foi orientado a tratar a doença em casa. A quarta-feira (3) começou sem vaga de UTI em Natal e Mossoró. O governo do estado declarou que vai renovar o decreto de isolamento social com medidas mais restritivas a partir de quinta (4).

"Nós estamos numa situação muito dramática nesse momento, o isolamento social não funcionou e consequentemente a necessidade de leitos só cresce. Seja de estabilização nas UPAs, nos hospitais regionais municipais, sejam leitos de tratamento nos hospitais do estado, nos hospitais municipais, ou hospitais contratados filantrópicos ou privados”, disse o secretário adjunto de Saúde do RN, Petrônio Spinelli.


Fonte: Jornal Nacional

11 visualizações

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Facebook
  • Instagram