Confira 5 motivos para evitar o uso de palito de dente



Depois de uma refeição, ainda é comum ver pessoas palitando os dentes à mesa de bares e restaurantes na tentativa de remover restos de comida da boca. Além de muito desagradável para os que estão em volta, o hábito prejudica a saúde bucal de quem o pratica.


“Por não ser considerado uma ferramenta de higiene, o palito de dente pode gerar uma série de malefícios aos seus usuários”, afirma Raul Silva, consultor da GUM, marca americana de cuidados bucais.


Veja os cinco principais prejuízos do uso dos palitos de dente de madeira:


Remove a camada de proteção dos dentes


A madeira do palito é inadequada para ser utilizada nos dentes e pode provocar lesões de abrasão, que removem o esmalte dos dentes. O dano costuma ocorrer na região mais próxima à gengiva, onde a camada de proteção é mais fina.


O esmalte é um tecido importante que protege a dentina. Quando a dentina é exposta, os dentes ficam altamente suscetíveis às bactérias que causam cárie. O esmalte também é responsável por proteger os dentes de bactérias causadoras de diversos problemas de saúde bucal.


Aumenta a sensibilidade da boca


As lesões de abrasão podem causar sensibilidade nos dentes, o que torna a ingestão de comidas e bebidas geladas ou quentes muito dolorosa.

“A sensibilidade ocorre por conta da perda do esmalte dentário e da exposição da dentina, que está diretamente ligada aos nervos dos dentes. Com a dentina exposta às alterações de temperatura, sentimos muita dor e incômodo ao ingerir certos alimentos. Além disso, a retração gengival pode expor parte da superfície dental que antes era recoberta pela gengiva, causando ainda mais sensibilidade”, explica Silva.

Machuca a gengiva


A ponta fina do palito pode causar lesões na gengiva e ocasionar infecções. O uso do palito também pode provocar gengivite, acúmulo da placa bacteriana na boca e retração gengival.

Não limpa corretamente


Ao contrário do que se espera, o palito pode empurrar ainda mais as sobras de comida para dentro do espaço entre os dentes. Além de dificultar a limpeza correta, a repetição do movimento durante a tentativa de retirar os restos de comida machuca a gengiva.


Estimula a formação de cáries


Outro problema do acúmulo de sujeira entre os dentes provocado pela limpeza incorreta possibilita o surgimento de bactérias que causam cáries.

“A cárie é uma doença infecciosa e que pode levar à perda do dente afetado se não for devidamente tratada, por isso é fundamental tomar todos os cuidados necessários”, explica o especialista.

Fonte: Metrópoles

3 visualizações0 comentário