top of page

Voz envelhece? Saiba como retardar o processo natural conhecido como presbifonia



A nossa voz envelhece com o tempo? A resposta é “sim”, e o g1 explica nesta reportagem o que é presbifonia - processo natural de envelhecimento do padrão vocal - e o que fazer para retardar seus efeitos.


O assunto ganhou repercussão após um vídeo do cantor Zezé Di Camargo, conhecido por sua potência vocal, viralizar na internet. No arquivo compartilhado, a voz de Zezé falha durante a apresentação da música “Dois Corações e Uma História”.

Procurada pelo g1, a equipe do cantor afirmou que trata-se de uma gravação antiga, feita antes da pandemia de Covid-19.

Ao g1, a fonoaudióloga e especialista em voz Thays Vaiano tirou algumas dúvidas sobre o assunto. Ela explicou que a presbifonia não é uma doença. “A voz envelhece sim. Nossa voz é produzida por estruturas que envelhecem. Por exemplo, o combustível da voz é a respiração. Para produzir voz, o ar tem que passar pelas cordas vocais (que são compostas por músculos), passar pela laringe e chegar na boca para articular esse som. A língua e os lábios também são músculos”, disse Thays Vaiano. “Da mesma forma que um idoso fica menos ágil, a voz também envelhece porque os músculos perdem força. Faz parte da nossa natureza passar pela presbifonia, que é o envelhecimento natural da voz, que tem início a partir dos 60 e 65 anos”, completou a especialista. Nesta reportagem você encontra resposta para as seguintes perguntas:

  • O processo acontece da mesma maneira para todas as pessoas?

  • Quais são os sintomas?

  • É um processo natural?

  • Atinge homens e mulheres da mesma forma?

  • O que fazer para retardar o envelhecimento?

O processo acontece da mesma maneira para todas as pessoas? “Esse processo depende do estilo de vida da pessoa. Por exemplo, pessoas fisicamente ativas também envelhecem com vozes melhores, por conta da respiração. Pessoas que participam de corais ao longo da vida tendem a envelhecer com vozes melhores porque trabalham a musculatura vocal”. Quais são os sintomas? O que as pessoas mais percebem é o tremor na voz, que acaba assustando. As pessoas ficam com a voz mais trêmula e mais instável. Ouvimos uma rouquidão e também ouvimos um pouquinho de ar na voz. Ela fica mais ‘soprosa’. Os idosos não conseguem projetar a voz por causa da fraqueza muscular”

Características da presbifonia:

  • a voz perde a força

  • a voz fica mais "soprosa" e com ar

  • perde-se a estabilidade da voz (fica mais trêmula)

  • aparece a rouquidão


É um processo natural? “A presbifonia não é uma doença, é um processo natural. Exige atenção médica se isso estiver interferindo na atividade laboral ou vida social das pessoas. Como é muscular, existe terapia fonoaudiológica para melhorar a musculatura que ajuda nessa estrutura da fala”. Atinge homens e mulheres da mesma forma? “Depende muito da qualidade de vida da pessoa. Numa estimativa geral, atinge homens e mulheres a partir dos 60/65 anos. Atinge homens e mulheres de formas diferentes em relação ao timbre. As vozes masculinas tendem a ficar mais agudas a partir dos 65 anos, e a voz das mulheres tendem a ficar mais graves a partir dos 65 anos. É sempre uma tendência e não é uma regra. Tudo depende da qualidade de vida e condições de saúde das pessoas”. O que fazer para retardar o envelhecimento? “Se manter ativo fisicamente é um fator preventivo para o envelhecimento da voz. Os hábitos alimentares também são importantes porque problemas como refluxo, ligados a alimentação, podem prejudicar a voz. Os hábitos de vida também influenciam. Se você é uma pessoa que fala muito alto, pode envelhecer a voz de forma mais rouca. Fazer atividades vocais, como a participação de coral, mantém a articulação e o músculo vocal ativo, com isso é possível retardar o envelhecimento. Além disso, há exercícios na terapia fonoaudiológica que ajudam a retardar o envelhecimento”.


Fonte: G1

2 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page