top of page

Promessas de ano novo: 6 conselhos para cumprir metas em 2023



As festas de fim de ano normalmente são marcadas por reflexões sobre o ano que passou e, nesse momento, são comuns as promessas para o novo ciclo que se aproxima. Porém, elaborar essas metas pode ser estressante, principalmente depois que houve estagnação ou insucesso em uma ou mais áreas da vida.


Para evitar a situação no futuro, é preciso desenvolver estratégias para que os planos se realizem com mais assertividade. Para isso, o psicólogo Filipe Colombini aconselha traçar metas realistas e que tenham conexão real com os valores e objetivos de vida de cada um. Além disso, desenvolver táticas para ajudar a alcançar esses objetivos pode evitar frustrações.


Já a psicóloga clinica e neuropsicóloga Juliana Gebrim comenta que cada um deve respeitar seus limites, e que o ideal é adotar pequenas metas e ir conquistando os objetivos aos poucos.


Confira, a seguir, seis dicas dadas pelos psicólogos para manter as promessas e realizá-las em 2023:


1. Detalhe os seus objetivos


Garanta estar motivado e comprometido com seus planos. Para isso, Colombini diz que vale esmiuçar as metas e entender o porquê delas e como você pretende alcançá-las. Assim, será possível identificar o que realmente é importante e como a realização de cada item vai causar um impacto positivo na sua vida.


2. Avalie cenários e busque ajuda


É fundamental pensar no contexto geral, analisando o quanto cada desejo é factível e se depende somente de você. Isso porque alguns objetivos não são alcançados sem a assistência ou vontade de outras pessoas. Se esse for o caso, identifique quem pode lhe auxiliar e busque apoio.


Juliana complementa que compartilhar seus projetos ou os desejos que não foram concretizados durante o ano com amigos e familiares ajuda a aliviar a pressão sentida.


3. Dê um passo de cada vez


Uma dica valiosa para atingir metas difíceis é criar planos de curto prazo que apoiem objetivos maiores, segundo Colombini. Os projetos podem ser mensais, semanais ou até diários. O importante é manter pequenos objetivos alcançáveis para que se note mais facilmente o progresso realizado.


4. Trabalhe seu emocional


Nem todos os desejos serão alcançados em um curto espaço de tempo, e isso é natural. Por exemplo, criar um novo hábito faz parte de um processo cercado de altos e baixos. Sendo assim, para lidar com a frustração e continuar firme no objetivo, é fundamental regular as emoções e não se cobrar demais.


5. Comemore pequenas vitórias


É super válido se dar um prêmio a cada conquista no meio do processo para alcançar um objetivo maior. Atitudes assim vão compensar o esforço realizado e restaurar o ânimo. Lembre-se: cada momento prazeroso vai lhe ajudar a manter o foco, o engajamento e a disposição para continuar firme nos seus propósitos.


6. Não se compare


Juliana finaliza aconselhando a evitar se comparar com os outros, seja por questões financeiras, profissionais ou pessoais. O hábito não é saudável e contribui para desencadear um sentimento de inferioridade provocando desânimo e melancolia, entre outros.


Fonte: Metrópoles

8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page