Paciente com suspeita de Covid-19 morre ao fugir do hospital



O venezuelano Alexis Coromoto Yanez Borges, de 66 anos, morreu após recusar atendimento e fugir do Hospital Geral de Roraima (HGR), na manhã desta segunda-feira (11/1). De acordo com a Secretaria de Saúde (Sesau), o paciente sofreu uma parada cardíaca na frente da unidade logo após atravessar a avenida. As informações são do G1.


Após a fuga, o homem foi encontrado caído em uma parada de ônibus que fica em frente ao HGR. Alexis Borges ainda estava com a pulseira de atendimento do HGR, algodão com esparadrapo em um dos braços, e eletrodos no peito – usados para fazer exames no coração. Com ele foram encontrados um celular e R$ 90.


Infarto


Estava na ficha médica que o paciente havia sido atendido nesse domingo (10/1), “mas, recusou os tratamentos prescritos, além do uso de oxigênio e de máscara”. A Sesau informou que ele havia dado entrada na unidade com suspeita de Covid-19 e de infarto.


“Segundo relato dos policiais militares que fazem a segurança do local, o paciente fugiu do hospital por volta das 6h, atravessou a rua e morreu”, apontou em nota o governo, responsável pelo hospital.


Uma cozinheira de 38 anos, que trabalha em uma lanchonete perto do HGR, disse que viu quando o paciente atravessou a avenida em direção à parada. Ela também relatou que ele “parecida cambaleante”.


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou a morte no local. O corpo do homem foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML), onde aguarda comparecimento de familiares para liberação.


Fonte: Metrópoles

2 visualizações0 comentário