Mulher come estrogonofe pela 1ª vez em hospital que está internada há 4 meses



Do corredor do hospital, a equipe anuncia "olha o almoço" e se direciona até o leito onde está Silvia Aparecida Galinari, de 59 anos. A paciente que está internada há quatro meses no Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (Humap), em Campo Grande (MS), nunca havia comido estrogonofe até essa quinta-feira (26).



A receita ela só conheceu pela TV, assistindo ao programa Mais Você, da Ana Maria Braga. A surpresa foi preparada pela equipe do hospital depois que Silvia confessou a um enfermeiro que tinha o desejo de comer estrogonofe pela primeira vez.

"Depois de conviver com ela, muitas coisas mudaram para mim. A Silvia é uma pessoa que passa por muitas dificuldades de saúde, já esteve em estado grave, voltou e nunca perdeu a felicidade. Nunca deixou de dar um sorriso e alegrar nossa equipe. A Silvia me mostrou que a gente pode viver de forma simples e feliz", conta o enfermeiro Cristiano Hoffmann Jardim. Em uma verdadeira corrente pelo bem, a equipe procurou quem fizesse o prato no hospital e ainda trouxe de casa pratos, talheres e taça para servir o almoço à altura do desejo de Silvia. O momento da entrega foi registrado e mostra a emoção da paciente.

Com carinho, a equipe fala que ela não precisa chorar, e de quebra, Silvia responde que se sentia a própria Ana Maria Braga. "Não tem uma mesa para passar embaixo?", pergunta brincando. Internação Silvia deu entrada no hospital em janeiro deste ano, com dor torácica. Portadora de insuficiência cardíaca, ela precisou passar por cirurgia, mas antes de ir para a sala de operação, testou positivo para a covid-19. Foi necessário um mês de recuperação. Ela precisou amputar uma das pernas, passou por várias complicações, e chegou a ter alta hospitalar, mas voltou ao hospital poucos dias depois. Durante todo este tempo no hospital, Silvia fala que os profissionais se tornaram sua nova família. "Vocês não só marcaram minha trajetória, como também me possibilitaram uma segunda chance que hoje agarro e celebro cada instante desse milagre que se chama vida. Palavras são insuficientes para expressar minha eterna gratidão, mas levo comigo essa nova família que fiz aqui nesse tempo tão difícil, intenso, que certamente farão parte de minhas preces diárias.


Agradeço a Deus por vocês existirem e cumprirem tão lindamente o propósito de vocês aqui na terra", disse Silvia em comentário registrado na ouvidoria do hospital.


Fonte: G1

11 visualizações0 comentário