Confira 11 dicas para perder gordura na barriga sem precisar de dieta



Além de ser incômoda, a gordura abdominal é um grande fator de risco para doenças do coração e diabetes. Porém, no processo de perda de peso, a região pode não ser uma das primeiras a mostrar resultados.


No entanto, nem sempre é preciso fazer grandes mudanças na alimentação, ou optar por dietas milagrosas, para perder centímetros na barriga — algumas alterações na rotina já podem fazer a diferença.


A revista americana Eat This, Not That, elencou algumas dicas (com comprovação científica) que podem ajudar na missão da perda de peso. Confira:


1 – Comece seu dia cedo


Dormir bem é essencial para manter o metabolismo funcionando, mas ficar mais tempo na cama do que o necessário pode acabar atrapalhando a perda de peso.


Um estudo publicado na revista científica Obesity mostra que pessoas que dormiram até depois das 10h45 comeram 250 calorias a mais durante o dia, e ainda fizeram escolhas ricas em sal, açúcar e gorduras.


2 – Coma frutas vermelhas


Além de serem uma boa maneira de evitar o açúcar, as frutas vermelhas, como morango, mirtilo, framboesa e cerejas, são ricas em antioxidantes, substâncias que ajudam a diminuir a inflamação do corpo.


Uma pesquisa da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, com ratinhos percebeu que os que foram alimentados com uma dieta rica em cerejas perderam um percentual maior de gordura na barriga do que os que não consumiram a fruta.


3 – Evite alimentos com gordura trans


A gordura trans é uma das maiores inimigas da saúde: ela é conhecida por aumentar o risco de doença cardíaca, colesterol alto e obesidade, mesmo quando consumida em quantidades baixas.

Salgadinhos, chocolates, sorvetes, biscoitos, massas instantâneas, bolos prontos e pipoca de micro-ondas são alguns exemplos de alimentos com gordura trans.


4 – Opte por alimentos integrais


Grãos refinados, como arroz e pão branco, por exemplo, não são boas opções para quem quer perder peso. Troque pelas versões integrais, que estão ligadas a uma queda de 10% na gordura visceral quando consumidas diariamente.


5 – Levante peso


Um estudo feito pela Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, também nos EUA, mostra que colocar um treino de força na rotina diminui significantemente o risco de obesidade abdominal ao longo dos anos.


Outra pesquisa, feita pela Universidade de Maryland, afirma que 16 semanas de exercícios com peso aumentam o metabolismo dos participantes em 7,7%, facilitando a queima de gordura no abdômen.


6 – Pare de usar adoçante


Apesar de serem muito menos calóricos do que o açúcar normal, os adoçantes estão ligados ao aumento da circunferência abdominal, de acordo com uma pesquisa da Universidade de Yale. Os cientistas afirmam que o gosto doce aumenta os níveis de insulina de forma semelhante ao que acontece depois de comer açúcar.


7 – Coma mais fibras


As fibras são importantes para diminuir a gordura na região da barriga, de acordo com um estudo americano que percebeu uma queda de 3,7% na gordura visceral em cinco anos com um aumento de 10g de fibras solúveis por dia na dieta. O intestino também funciona melhor, diminuindo o inchaço na região.

8 – Tente fazer exercícios de alta intensidade para queimar gordura


As atividades de alta intensidade não precisam ser longas, e podem mostrar resultados rápidos. Algumas sugestões são levantamento de peso e barra.


De acordo com um estudo publicado na revista científica PLOS One, um minuto de exercícios intensos traz mudanças respiratórias e metabólicas equivalentes a fazer uma hora de atividade de baixa intensidade.


9 – Use alho na comida


Um estudo coreano com ratos mostrou que o alho faz a diferença quando usado em dietas com alta quantidade de gordura. Os ratinhos que comeram mais da planta tiveram uma perda de gordura abdominal “significantemente mais alta” do que os que não usaram o alimento, e ainda tiveram melhora na saúde do fígado.


10 – Aposte no vinagre


Um estudo publicado na revista científica Bioscience, Biotechnology and Biochemistry mostra que pessoas obesas que usam vinagre na dieta por 12 semanas perderam mais gordura no abdômen do que o grupo de controle — a explicação é que alimentos ácidos podem aumentar o metabolismo de carboidratos em até 40%.


11 – Faça mais exercícios de cardio


Uma pesquisa feita na Universidade de Duke, também nos EUA, mostra que, em 8 meses, adultos com excesso de peso que fizeram corridas leves várias vezes na semana gastaram 67% mais calorias do que pessoas que fazem exercícios de resistência (pular corda, subir escada, etc.).


Fonte: Metrópoles

2 visualizações0 comentário