Com casa de vidro, shoppings de Fortaleza reinventam encontros com Papai Noel durante pandemia



Em meio à pandemia da Covid-19, a participação presencial do Papai Noel nos shoppings de Fortaleza se reinventou para cumprir as recomendações sanitárias de distanciamento social. As alternativas são diversas: Papai Noel em casa de vidro, no alto de uma torre, fazendo chamadas de vídeo e trocando mensagens pelo WhatsApp para evitar o contato com as crianças.


Para João Duarte, Papai Noel há mais de 10 anos, apesar das normas sanitárias, há entre as pessoas o desejo de seguir a tradição natalina. Neste ano, ele está separado das crianças por uma parede de vidro. "É importante porque nós mantemos o encanto do Natal. As crianças conseguem interagir comigo mesmo através do vidro", explica. Apesar da interação, João Duarte diz que sente falta do contato mais próximo com as famílias. "As crianças esperam ansiosas o ano inteiro para vir falar com o Papai Noel, então seria difícil não vir. Tenho muita saudade", compartilha. Em decorrência dos casos da Covid-19, o uso de máscara, álcool e o respeito ao distanciamento social são medidas obrigatórias para reduzir as chances de contágio. “As crianças estão muito conscientes”, relata. Torre garante distanciamento


No Shopping RioMar Kennedy, o Papai Noel também se abrigou em um espaço temático decorado e protegido por uma contenção de vidro. Já no RioMar Fortaleza, o personagem está isolado não só por uma parede, mas em uma casa totalmente feita de vidro.

Para a realização de fotos, os ambientes contam com regras específicas, como capacidade máxima de quatro pessoas da mesma família por vez, respeito ao distanciamento nas filas e reforço na higienização. Nos dois shoppings, foi adicionado um sistema de som externo para permitir interação com as crianças.

Os centros também contam com um "Papai Noel virtual", que utiliza a tecnologia de realidade aumentada. "Pelos corredores os clientes encontram totens, onde há QR code que possibilita receber uma mensagem especial do bom velhinho e ainda fazer uma foto", detalha a organização do shopping. No Shopping Iguatemi Fortaleza, o espaço de recepção dos jovens foi modificado para garantir a segurança das crianças, do público e, principalmente, do bom velhinho. O Papai Noel está posicionado na janela do segundo andar de uma casa, de onde acena e posa para fotos.

As crianças podem usar um microfone para fazer os pedidos de Natal. O shopping afirma que mantém o distanciamento social, mesmo com o atendimento presencial para as crianças. Contato virtual e agendamento


Na rede North Shopping, os encontros com Papai Noel são remotos, sendo necessário realizar o agendamento pelo aplicativo do shopping. Foram criadas alternativas para manter a tradição, com o uso do WhatsApp, troca de mensagens e de vídeos.

"Com bate-papo ao vivo via ligação, mensagem personalizada e encontro virtual, o Papai Noel conversa com as famílias de maneira calorosa, mantendo o encantamento do Natal", explica a gerente regional de marketing da rede Ancar Ivanhoe no Ceará, Sara Dantas.

A interação é feita por um telão, sem contato físico. A decoração passou por remodelação, limitando os espaços interativos e optando por cenários mais amplos, para evitar aglomerações. Fotos a distância


No Grand Shopping, o Papai Noel utiliza máscara e respeita o distanciamento social. "As crianças não podem chegar perto do Papai Noel. Elas ficam há mais de dois metros de distância e ele permanece sentado no trono dele contando com proteção de acrílico", explica a gerente de marketing do shopping, Carla Werneck.

As fotos são tiradas ao longe e o local, inspirado em uma confeitaria, também conta com álcool em gel para o público, marcação de distanciamento na fila e orientação por parte da assistente do Papai Noel. "Para estar sempre organizando o local, distanciando as pessoas", explica Carla.


Fonte: G1

6 visualizações0 comentário