Coceira pode ser alteração na tireoide. Veja outros sinais do problema


 
 

A tireoide é uma glândula localizada no pescoço, que tem como função principal regular processos metabólicos do organismo. Ela produz hormônios que colaboram para a funcionamento do coração, cérebro, fígado e rins.


A glândula também interfere no crescimento e desenvolvimento de crianças e adolescentes, na regulação dos ciclos menstruais, na fertilidade, no peso, na memória, na concentração e no controle emocional.


As alterações na tireoide podem causar diversos sintomas, que nem sempre são interpretados corretamente. Quando há alterações, a glândula pode estar atuando de forma exagerada, numa condição que é conhecida como hipertireoidismo, ou pode estar funcionando pouco, em um estado conhecido como hipotireoidismo.


O hipertireoidismo causa sintomas como agitação, nervosismo, dificuldade de concentração e emagrecimento. O hipotireoidismo causa sintomas como cansaço, perda de memória, facilidade para engordar, pele seca com coceira, ciclo menstrual irregular e queda de cabelo.


Ao perceber qualquer um desses sintomas, é importante consultar um endocrinologista para a realização de exames de sangue, que medem os níveis do hormônio da tireoide no organismo, ou de um ultrassom na região, para verificar a existência e o tamanho de possíveis nódulos.


Veja lista de sintomas que podem indicar alterações no funcionamento da tireoide:


1. Aumento ou perda de peso


O aumento de peso sem razão aparente, especialmente se não houve mudanças na dieta ou nas atividades do dia a dia, é sempre preocupante e pode ser causado pelo hipotireoidismo, quando a glândula está funcionando pouco. Já a perda de peso sem razão aparente pode estar relacionada ao hipertireoidismo, por exemplo.

2. Dificuldade de concentração e esquecimento


Sentir que está constantemente com a cabeça fora do lugar, tendo muitas vezes dificuldades de concentração ou passando por esquecimentos constantes, pode ser um sintoma de alterações no funcionamento da glândula. A falta de concentração pode ser sinal de hipertireoidismo e o esquecimento, de hipotireoidismo.


3. Queda de cabelo e pele muito seca


A perda de cabelo é normal durante períodos de grande estresse, porém caso se torne muito pronunciada, pode indicar alterações no funcionamento da tireoide. Além disso, pele seca ou coçando muito também podem ser sinais do problema.


4. Alterações de humor


O déficit ou o excesso de hormônios da tireoide no organismo provocam alterações de humor. O hipertireoidismo causa irritabilidade, ansiedade e agitação. O hipotireoidismo, por sua vez, causa tristeza constante ou depressão.


5. Prisão de ventre


Alterações no funcionamento da tireoide também podem provocar dificuldades na digestão e na evacuação, que não são serão resolvidas apenas a alimentação e a prática de exercícios físicos.


6. Sonolência, cansaço e dores musculares


Sonolência e cansaço constante podem ser um sinal de hipotireoidismo.

Dores musculares ou formigamentos sem explicação também podem indicar o problema, pois a falta de hormônios da tireoide danifica os nervos que enviam sinais do cérebro para o resto do corpo.


7. Desconforto na garganta e no pescoço


Dor, desconforto ou presença de nódulo ou caroço na região da garganta e pescoço podem indicar que a glândula está alterada.


8. Palpitações e pressão alta


Pulsações aparentes no pescoço e no pulso podem indicar que a tireoide não esta funcionando bem. Além disso, a pressão alta pode ser outro sintoma, especialmente se não melhora com a prática de exercícios físicos e dieta.


Fonte: Metrópoles

7 visualizações0 comentário