top of page

As 3 frutas para consumir ao longo do dia que ajudam a ter uma boa noite de sono



Quem nunca deixou de dormir o número de horas necessário ou teve insônia ou ao menos ficou frustrado porque não conseguiu descansar profundamente? Diante dessas situações, é inevitável sentir mau humor e irritabilidade, emoções que afetam o desempenho do dia a dia.


Existem vários fatores que contribuem para ter problemas para dormir, e a dieta é um deles (e muitas vezes subestimado). O segredo é que alguns alimentos contêm propriedades que ajudam a relaxar, ao contrário de outros que ativam o sistema de alerta e podem causar desconfortos como azia.


A nutricionista especializada em nutrigenética María Cecilia Ponce explica que, para gerar uma situação agradável e relaxante, os alimentos devem conter principalmente triptofano — um aminoácido que promove a formação de serotonina — e melatonina, dois neurotransmissores que regulam o sono.


— Os tipos de nutrientes que consumimos durante o dia vão gerar níveis de neurotransmissores, que são responsáveis ​​por equilibrar o descanso. Por isso, é importante adotar bons hábitos alimentares — afirma.


As pessoas sempre encontram uma boa desculpa para se reunir em volta da mesa, cozinhar e conversar. Mariana Patrón Farias, diretora de uma empresa dedicada à nutrição, diz que o as pessoas costumam ter grandes jantares e longos fins de tarde.


— Como se não bastasse, também consomem uma grande quantidade de carne vermelha que leva muito tempo digerir e pode interferir no resto — ela diz.


Os fãs de cafeína devem ter atenção. Seu consumo não vem apenas em formato de café, existem diversas bebidas como refrigerantes que contêm a substância estimulante e podem alterar o sono. O patrono Farias esclarece que nem todas as pessoas respondem da mesma forma a ingestão, mas que uma boa opção é evitar o seu consumo à tarde e à noite.


É normal que a adrenalina e as preocupações do dia afetem o momento de dormir. Não é novidade que emoções e comida alimentam. A CEO da consultoria Trendsity, Mariela Mociulsky, explica que a incerteza econômica e o turbilhão do dia podem causar insônia.

— É fundamental consumir alimentos que tragam calma e serenidade — esclarece a especialista.


Em muitos casos atuam como insumos energéticos, promovem a concentração e geram vitalidade, em outros, promovem a temperança. Para a especialista, o ser humano está cada vez mais atento aos cuidados com sua saúde e bem-estar, e busca consumir produtos nutritivos e saudáveis.


Um relatório da Trendsity indica que 72,6% dos consumidores em todo o mundo são afetados pelo estresse e ansiedade e mostram um grande interesse em adquirir alimentos que ajudem a equilibrar suas emoções e melhorar o descanso.


Embora seja um desafio, existem alguns alimentos que podem ajudar a adormecer, tornar o sono melhor. A nutricionista Ponce enumera três frutas que favorecem um descanso profundo e regenerador:


Banana


As bananas fornecem magnésio e potássio, dois minerais essenciais para gerar um bom descanso, relaxar e recuperar os músculos após a atividade física. É recomendado para atletas, pois, ajuda a prevenir cãibras.


Kiwi


Uma fruta cheia de antioxidantes naturais que ajudam a manter as células do corpo saudáveis ​​e vitamina C, que promove a síntese de hormônios e fortalece o sistema imunológico. O kiwi teve origem na China e chegou à Nova Zelândia no início do século 20, país que o adotou como seu e deu o nome de sua ave nacional.


Frutas vermelhas


Ricas em antioxidantes e polifenóis, que ajudam a microbiota intestinal a funcionar adequadamente e também ajudam a melhorar o ciclo circadiano.


Fonte: O Globo

1 visualização0 comentário

Hozzászólások


bottom of page