top of page

Taylor Swift: ‘Bebo dez garrafas de água por dia’; os segredos da cantora para resistir a shows



Taylor Swift é uma das cantoras pop da atualidade mais falada do momento. Prestes a fazer seus shows da “The Eras Tour” no Brasil — 17, 18 e 19 de novembro no Rio de Janeiro e nos dias 24, 25 e 26 em São Paulo — uma pergunta que insiste em sair da boca dos fãs é: como ela consegue resistir fisicamente com shows que duram três horas, executar um repertório de 44 músicas e ainda cantar, dançar e desfilar pelo palco?


Aprofundar-se em suas rotinas de condicionamento físico não é fácil, visto que Swift é bastante reservada sobre seus hábitos de treino e bem-estar. Segundo seus fãs, esse “perfil discreto” pode estar relacionado ao seu esforço para acabar com a promoção da cultura dietética das celebridades – uma obsessão constante por comida e peso corporal que diversas personalidades de Hollywood têm promovido socialmente.

Tema sobre o qual a cantora falou publicamente anos atrás, quando revelou em seu documentário ‘Miss Americana’ a batalha pessoal que tem travado com os transtornos alimentares e como é complexo para ela se sentir confortável com seu corpo.

Um dos primeiros e únicos registros em que Swift conta em primeira pessoa como se mantém fisicamente é uma entrevista que deu ao portal médico WebMD . Nessa conversa ela revelou que um dos pilares de sua vida saudável é ter playlists com suas músicas favoritas no celular para curtir mais na hora de se exercitar. Além disso, ele disse que tenta basear seus hábitos alimentares na alimentação intuitiva – um tipo de alimentação que ensina as pessoas a comerem o que o corpo pede.

“Durante a semana procuro uma alimentação saudável, muitos vegetais, saladas, iogurte e sanduíches. Nos finais de semana me delicio e como hambúrguer, batata frita e café com leite”, confessou. Ele também compartilhou que gosta de correr, principalmente quando o faz ao ritmo de sua música favorita. “Isso me garante o benefício adicional de encontrar um espaço ao ar livre para me exercitar onde quer que eu esteja”, disse ele sobre a dificuldade de ir a uma academia durante uma turnê.

Outro elemento adicional que o cantor deve ter em mãos é a água. Swift confessou em entrevista a um meio de comunicação gastronômico que manter-se hidratada é de vital importância para ela. “Tenho muita água no vestiário porque bebo cerca de dez garrafas de água por dia. Eu diria que é quase a coisa mais importante que deve estar lá”, revelou a cantora.

Por último, em relação às vitaminas e suplementos nutricionais, Swift disse à revista Elle que toma L-teanina para reduzir o estresse e a ansiedade e magnésio para a saúde muscular e energia. A L-teanina é um aminoácido que ajuda a manter a mente alerta e aumenta os níveis de dopamina no cérebro. Já o magnésio é um mineral que estimula a produção saudável de serotonina e também ajuda a dormir.

“Demorei muito para treinar meu cérebro para entender que alguns quilos a mais podem significar curvas, cabelos fortes e mais energia. Trabalho diariamente para aceitar meu corpo e me amar como sou”, diz. Beber água em excesso pode causar intoxicação É muito comentado sobre a necessidade de um adulto beber pelo menos dois litros de águas por dia, mas novos estudos sugerem que essa quantidade pode ser excessiva para a maioria das pessoas. Desta forma, de 1,5 a 1,8 litros por dia, pode ser o suficiente.

Por outro lado, alguns especialistas afirmam que a quantidade de água necessária varia de acordo com o tamanho do corpo, temperatura externa, quantidade de suor e condições gerais de saúde. Segundo o nefrologista Joel Topf, professor clínico assistente de medicina na Oakland University em Michigan, em entrevista do The New York Times, a maioria das pessoas jovens e saudáveis precisa beber água apenas quando estiver com sede. Em casos de pessoas com condições de saúde ligadas à hidratação, como pedras nos rins ou uma doença renal policística autossômica dominante, mais rara, elas podem se beneficiar ao fazer um esforço para beber um pouco mais de água do que a sede vai exigir.

Um menino de 10 anos da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, foi parar no hospital com risco de vida após beber cerca de seis garrafas de água em menos de uma hora. Ray Jordan foi diagnosticado com hiponatremia, ou intoxicação por água, que é quando os rins não conseguem lidar com uma grande quantidade de água que entra de uma só vez, resultando em níveis de sódio criticamente baixos no sangue.

Segundo informações do Hospital Israelita Albert Einstein, um rim saudável consegue filtrar entre 800 ml a um litro de água em uma hora. Por isso, ingerir quantidades superiores a três ou quatro litros em apenas 60 minutos pode aumentar o risco de hiponatremia. Os sintomas deste tipo de intoxicação incluem dores de cabeça, fadiga, náusea, vômito, desorientação mental e até parada cardíaca. Caso de Taylor é semelhante com a de um maratonista No caso de Taylor Swift, para se manter durante três horas cantando e dançando, a cantora precisa se manter muito bem hidratada, pois é como se ela estivesse correndo uma maratona. O corpo a faz perder muita água e repor essa quantidade é de extrema importância. Ela, por exemplo, não pode esperar dar sede para beber água, pois já é um sinal de desidratação.

A artista precisa beber uma quantidade ideal de água, antes durante e depois dos shows. Segundo especialistas, um maratonista deve tomar cerca de 100 a 150 ml (1 a 2 goles) de água a cada 10 ou 15 minutos em temperatura fresca, porém não gelada — em torno de 15°C.


Fonte: O Globo

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page