top of page

Pais que estavam intubados devido à Covid quando filha nasceu celebram 1 ano da criança


 
 

Quem vê Fernando, Mariana e a pequena Manuela sorrindo na foto acima, não imagina o que eles viveram há quase um ano.

Em março de 2021, Mariana Colares Almeida, de 36 anos, estava grávida de 30 semanas quando foi contaminada pela Covid-19 e precisou ser intubada. Após uma cesárea de urgência, enquanto ela estava no Centro de Tratamento Intensivo (CTI), a pequena Manuela nasceu com 1 quilo e 700 gramas e também estava com Covid. Ela também precisou ser intubada.

Nesta sexta-feira, completam-se dois anos desde que a Organização Mundial de Saúde declarou pandemia da Covid-19. Do lado de fora do bloco cirúrgico, Fernando Almeida da Silva Junior, de 37 anos, também estava internado e intubado, após complicações da doença.

A pequena Manuela teve alta do hospital antes dos pais e ficou sob os cuidados das avós. O casal conheceu a filha após 40 dias do nascimento dela, em Sete Lagoas, na Região Central de Minas Gerais. "Olho pra gente hoje e fico sem acreditar. O pior já passou. Estamos muito bem, cheio de planos. Manuela completará 1 aninho no dia 25 de março, estamos vivendo intensamente", contou o analista de sistema. Na época, em entrevista ao g1 Minas, Fernando disse que tudo o que aconteceu "foi um milagre". "A emoção foi grande. Foi um milagre. Na verdade, foram três milagres. Não dá para explicar a sensação sem chorar" , disse ele. "Nós três intubados ao mesmo tempo, internados em um hospital, sem expectativa do que poderia acontecer. Eu não sabia do parto antecipado, muito menos que elas estavam nesta situação crítica", contou Fernando. O pesadelo ficou para trás. A família está bem de saúde e sem sequelas. "Temos muitos planos pela frente, a vida está seguindo, estamos trabalhando, ainda bem. Somos agradecidos por esta segunda chance", disse o pai de Manuela. Fonte: G1

30 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page