top of page

Mulher quebra o tornozelo brincando com filhos e precisa amputar perna



Uma mulher de 30 anos, moradora do Texas, nos Estados Unidos, não esperava ter que amputar a perna por causa de um tornozelo quebrado. Em 2011, Angie Fowler brincava com seus quatro filhos no quintal de casa. Estava nevando, e o chão molhado a fez escorregar. Na queda, ela quebrou o tornozelo direito e foi levada ao hospital, onde iniciou uma longa jornada de tratamento.


Em quatro anos, Angie realizou 46 cirurgias reconstrutivas, mas sem sucesso. Em uma das operações, no entanto, a mulher contraiu uma infecção bacteriana por Staphylococcus Aureus, resistente a vários antibióticos.


A infecção evoluiu para uma fasciíte necrotizante, condição grave que destruiu o tecido debaixo da sua pele. Em 2015, Angie teve de amputar a perna direita depois de sentir muita dor.


“Um dia, fui levada às pressas para outro hospital e eles disseram que se não amputassem minha perna abaixo do joelho, eu não sobreviveria ao fim de semana”, afirma a mulher ao The Sun.

Angie passou a usar muletas até se acostumar com a prótese. Em 2020, ela engravidou de seu quinto filho, algo que, segundo os médicos, seria improvável.


Hoje, aos 42 anos, a mulher compartilha seu dia a dia em suas redes sociais a fim de ajudar outros amputados. Além disso, ela diz estar muito mais ativa fisicamente do que quando tinha as duas pernas, e que seus filhos a ajudam com tudo.


Fonte: Metrópoles

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page