top of page

Como é 1ª vacina do mundo contra VSR aprovada nos EUA



A Food and Drug Administration (FDA), a agência regulatória dos Estados Unidos, acaba de aprovar uma vacina contra o vírus sincicial respiratório (VSR) — uma doença que mata milhares de pessoas todos os anos.


O imunizante ainda precisa da chancela dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA antes de chegar ao público.

As autoridades dizem que o produto, batizado de Arexvy e desenvolvido pela farmacêutica GSK, é um grande avanço que salvará muitas vidas.

Ele pode estar disponível para pessoas com mais de 60 anos nos próximos meses, dizem as autoridades americanas. "A aprovação de hoje da primeira vacina contra o VSR é uma importante conquista de saúde pública para prevenir uma doença que pode ser fatal", disse o médico Peter Marks, que lidera o Centro de Avaliação e Pesquisa Biológica da FDA. O VSR é uma doença respiratória que geralmente resulta em sintomas semelhantes aos do resfriado em adultos, mas pode ser perigosa para crianças pequenas, idosos e pessoas com problemas de saúde ou sistema imune comprometido.

Em média, o patógeno mata entre 100 e 300 crianças com menos de 5 anos todos os anos nos EUA, de acordo com o CDC.

Um estudo publicado no periódico acadêmico The Lancet calculou que, só em 2019, esse agente infeccioso foi o responsável pela morte de 100 mil crianças em todo o mundo.

Em terras americanas, ele também mata cerca de 6 mil a 10 mil indivíduos com mais de 65 anos e causa entre 60 mil e 120 mil internações hospitalares anualmente.

Em casos graves, a infecção por VSR pode causar bronquiolite, que inclui um acúmulo de inflamação nos pulmões e dificuldade para respirar.

A vacina levou mais de 60 anos para ser produzida e é a primeira a obter aprovação para prevenir e evitar esse vírus em qualquer lugar do mundo.

Um estudo da GSK encontrou uma eficácia da vacina de 82,6% deste imunizante. Os efeitos colaterais foram em sua maioria "leves ou moderados" e terminaram em dois dias. Os eventos adversos mais comuns descritos nos testes clínicos foram dor ao redor do local da injeção e fadiga. A Arexvy é feita a partir de uma subunidade proteica, ou um "pedacinho" do VSR. Quando ele é injetado no organismo, gera uma reação do sistema imunológico capaz de proteger contra o patógeno de verdade.

Por ora, a vacina só está indicada nos EUA para indivíduos com mais de 60 anos, mas a GSK declarou que está realizando estudos para conferir se as doses são efetivas e seguras em outros públicos e faixas etárias. Como identificar o VSR em crianças

  • A infecção pelo VSR geralmente começa com nariz entupido ou escorrendo e pode progredir para tosse seca, febre e, às vezes, problemas respiratórios;

  • Para a maioria das crianças, o quadro será leve e pode ser tratado em casa com remédios que aliviam os sintomas;

  • Procure um médico ou procure orientação de um profisisonal de saúde se seu filho não se alimentar normalmente, respirar rápido demais ou apresentar uma temperatura alta que não baixa de jeito nenhum;

  • Ligue para os serviços de emergência se a criança estiver exausta de tentar respirar — você pode ver os músculos sob as costelas contraindo a cada respiração. Outros sinais de alarme são palidez ou suor em excesso.

Fonte: G1

1 visualização0 comentário
bottom of page