Ariadna relembra sofrimento com Covid-19: 'Achei que fosse morrer'


Participante da última edição do No Limite, Ariadna fez um desabafo nas redes sociais sobre o período em que enfrentou o coronavírus. Ela teve o diagnóstico da doença há um ano.

"Achei que fosse morrer e já dei todas as minhas senhas a minha irmã Renata. Mas não precisei ser entubada", lembrou Ariadana, que também participou do Big Brother Brasil. Ela diz que os sintomas iniciais foram parecidos com uma isolação ou com "uma gripe normal devido ao calor de 40 graus e muito ar condicionado, praia".

Em casa, na Itália, Ariadna conta que começou a ter calafrios, febre de 38 graus e perdeu o olfato. Depois de decidir buscar ajuda médica, ficou 13 dias no hospital. "Chegando no outro hospital o enfermeiro de plantão disse que eu estava com uma infecção no pulmão pequena. No dia seguinte, a médica veio me ver e avisou que não se tratava de uma pequena infecção. Mas que todo o meu pulmão estava tomado. E que ela não sabia como eu ainda estava respirando" Ariadna diz que não precisou ser entubada porque respondeu bem aos medicamentos. Mas o tratamento teve de ser interrompido por causa de um problema no fígado. "Venci o Covid. Mas achei que ia morrer… espero que esse pesadelo acabe logo! E que o mundo volte logo ao normal #covid_19."


Fonte: G1

6 visualizações0 comentário