top of page

Após 'treta do ovo', nutricionista de Bruna Griphao explica dieta e 'défict de proteína'



Desde 2020, quando os líderes da semana passaram a definir quais participantes do "BBB" estariam no VIP ou na Xepa, as brigas sobre comida no reality não faltaram entre os brothers.

Nesta mais recente, no "BBB 23", os envolvidos foram Ricardo e Bruna Griphao. Na Xepa, Bruna disse que tinha direito a dois ovos por dia, já que não come carne. Ricardo não gostou, pois queria fazer bife à milanesa com o ovo. O g1 foi atrás da nutricionista de Bruna para saber se o ovo é essencial na dieta da atriz. Em especial, para manter a boa forma.

Apesar de não comer carne vermelha, Bruna não é vegetariana. Segundo Juliana Lucas P. Lima, nutricionista da Clínica do Dr. Lucas Costa e responsável pela alimentação de Bruna, a atriz consome frango. "A alimentação da Bruna é bem limpa. Ela não tem muitas restrições. Ela consome carboidrato normalmente, proteína normalmente. A gente não restringe nenhum tipo de alimento", explica a nutricionista.

Juliana resume a alimentação da atriz como "simples, básica, não tem muito mistério, não tem restrições". Até por isso, ela acredita que Bruna não terá problemas no reality, estando na Xepa ou no Vip, "porque ela realmente come de tudo". Mas o ovo é essencial? Durante a discussão com Ricardo, Bruna alegou que os dois ovos são sua proteína diária, e ganhou o apoio de alguns participantes da casa na briga.

Mas segundo sua nutricionista, é possível consumir outros alimentos que também são fontes de proteína. "Óbvio que ovo é uma das principais. Se ela puder sempre priorizar o ovo, é a melhor opção. Mas ela consumindo, por exemplo, um prato de arroz e feijão, também vai estar com esse aporte de proteína", cita a nutricionista.

Queijo, soja, lentilha e quinoa são outras opções de consumo. Aí vai depender do que o grupo decidir comprar no mercado da semana no reality. Dias antes da briga do ovo, Bruna comentou que estava se sentindo fraca, constantemente com fome e que sentia falta de proteína. Segundo a nutricionista, "essa questão do enfraquecimento não necessariamente pode ser por conta da falta de proteína". "Pode ser também por falta de rotina alimentar, porque realmente ela vem de uma alimentação certa, correta, e isso pode também estar afetando."

"Tem também a questão de horário, e de não ser totalmente a alimentação que ela seguia. E pode também ter essa questão do inchaço, que a gente sabe que os participantes acabam ficando mais retidos lá dentro. Acho que pode envolver várias coisas e não só essa falta de proteína", analisa. Ovo e boa forma: verdade ou mito? Gracyanne Barbosa já declarou que consome 40 ovos por dia. E outras musas fitness também já falaram sobre a alta quantidade do alimento em suas dietas. Mas afinal, o ovo é essencial para quem foca na hipertrofia muscular? "O ovo é realmente uma fonte de proteína muito boa, mas é igual a um frango, uma carne. Ela não tem esse diferencial assim. Ela é igual qualquer outra fonte de proteína", afirma Juliana. O que ela destaca é que, muitas pessoas optam pelo ovo por ser uma proteína mais prática para o consumo. Além de ser mais acessível. "Você faz uns ovos cozidos e consegue levar talvez para o trabalho, para academia. Então é uma proteína prática de consumir."

"É mais difícil, por exemplo, você levar uma carne", segue Juliana, que ainda cita a dificuldade que algumas pessoas têm na digestão alimentar. Em especial, no período noturno.

Ela aponta também a importância de lembrar que cada pessoa tem um perfil e um objetivo. "Não tem como a gente comparar a Gracyanne Barbosa com a Bruna. São outros objetivos, outras realidades. É outro tipo de aporte de proteína. A quantidade de proteína não é a mesma que ela vai precisar. Então realmente varia muito da necessidade de cada pessoa."


Fonte: G1

8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page