top of page

Você foi arranhado ou mordido por um gato? Veterinário fala dos riscos à sua saúde



Os gatos estão por todos os lugares. Depois de adotados, podem se tornar uma companhia constante para seus tutores, oferecendo melhorias para o bem-estar, como já foi comprovado pela ciência. Dentre os hábitos comumente apresentados pelos felinos, estão o hábito de morder e arranhar, por diferentes motivos.

Em entrevista ao GLOBO, o médico veterinário Alexandre Pina, especialista em virologia e professor da Universidade Unigranrio de Duque de Caxias explicou que o problema está no fato de que os felinos carregam em si os germes nocivos.

— Todos os animais podem transmitir zoonoses aos homens. Mas alguns estudos mostram que o gato pode transmitir doenças um pouco mais complicadas porque embora ele seja um animal domesticado, ele tem hábitos selvagens — pontua.

Isso se torna um problema ainda maior por conta da presença de dentes e garras finos e pontiagudos, que atingem camadas mais profundas na pele. Ou seja, os possíveis patógenos - vírus, bactérias e fungos - conseguem adentrar mais facilmente, por meio desses machucados, no organismo. Doenças transmitidas As doenças mais comuns transmitidas por gatos a humanos através de arranhões e mordidas são:

  • Raiva;

  • Esporotricose: uma doença fúngica que causa feridas na pele de várias regiões do corpo;

  • Micoses de pele;

  • Toxoplasmose;

  • Infeções bacterianas, causadas pelas bactérias Pasteurella multocida, Staphylococcus aureus e Bartonella henselae.

Também é importante frisar que os machucados causados por gatos selvagens ou de rua levam a um risco maior de desenvolver doenças ou transmissão de patógenos. Quais são os cuidados para evitar estas doenças? Dentre as possíveis medidas preventivas que podem ser aplicadas pelos tutores estão:

  • Mantenha as vacinas do seu gato em dia;

  • Não deixar um gato lamber uma ferida;

  • Não deixar um gato lamber sua comida ou seu rosto;

  • Lave as mãos (se tiver feito carinho ou recebido lambidas) antes de comer;

  • Cubra as caixas de areia para manter os gatos afastados;

  • Mantenha seu gato dentro de casa e longe de outros gatos.

Fonte: O Globo

3 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page