top of page

Videogame: níveis sonoros excedem limites de segurança e jovens podem ter perda auditiva, alertam cientistas; entenda



Cientistas alertam jovens jogadores de videogame em todo o mundo que podem estar correndo o risco de perda auditiva irreversível e ter um zumbido persistente no ouvido. As alegações foram constatadas depois de uma revisão sistemática em estudos com mais de 50 mil pessoas e publicada na revista de acesso aberto BMJ Public Health.


Segundo os cientistas, os níveis sonoros relatados e aproximam ou excedem os limites de segurança permitidos. Embora os locais de música tenham sido reconhecidos como fontes de níveis sonoros potencialmente inseguros, relativamente pouca atenção tem sido dada aos efeitos dos videogames na perda auditiva, dizem os investigadores.


Para tentar construir uma base de evidências, os pesquisadores vasculharam bancos de dados de pesquisa em busca de estudos relevantes, boletins informativos, relatórios e procedimentos, chamados coletivamente de “literatura cinzenta”, publicados a qualquer momento em inglês, espanhol ou chinês.


Cerca de 14 estudos revisados por pares de nove países da América do Norte, Europa, Sudeste Asiático, Ásia e Australásia, e envolvendo um total de 53.833 pessoas, foram incluídos na revisão.


Os níveis de som relatados variaram de 43,2 decibéis (dB) em dispositivos móveis como em celulares ou videogames e de 80 a 89 dB em centros de jogos ou salas de computadores pessoais, populares na Ásia.


Um outro estudo relatou que os sons de impulso, ou seja, aquelas rajadas que duram menos de um segundo e que tem picos com pelo menos 15dB mais alto do que o som de fundo, atingiram níveis tão altos quanto 119 dB durante o jogo.


Os limites de exposição permitidos são de cerca de 100 dB para crianças e 130–140 dB para adultos. Cinco estudos, que estavam dentro da revisão, avaliaram associações entre jogos e perda auditiva autorreferida, limiares auditivos ou zumbido. Destes, dois descobriram que o uso de centros de jogos pelos alunos estava associado ao aumento das chances de zumbido grave e perda auditiva de alta frequência em ambos os ouvidos.


Cientistas afirmam que mais de 10 milhões de pessoas nos EUA podem estar expostas a níveis de som “altos” ou “muito altos” de videogames ou jogos de computador.


Um estudo mediu os níveis de som de cinco videogames por meio de fones de ouvido conectados ao console de jogos e descobriu que a média era de 88,5, 87,6, 85,6 e 91,2 dB para quatro jogos de tiro separados e 85,6 dB para um jogo de corrida.


Os autores concluíram, portanto, que o nível diário de exposição sonora destes jogos está próximo dos níveis máximos permitidos de exposição sonora. Outros 16 artigos revisados por pares e 14 fontes de literatura cinzenta mencionam os jogos como uma fonte potencial de exposição sonora excessiva.


"Embora os dados fornecidos nesta análise sejam limitados, eles sugerem que alguns jogadores, especialmente aqueles que jogam com frequência, e nos níveis sonoros médios ou acima descritos pelos artigos incluídos nesta análise, provavelmente excedem os limites permitidos de exposição sonora e, portanto, estão engajados em práticas auditivas inseguras, o que poderia colocá-los em risco de desenvolver perda auditiva permanente e/ou zumbido", concluem os pesquisadores.


Fonte: O Globo

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page