Veja dicas para manter imunidade alta após mudança de temperatura


 
 

No início de agosto, o Brasil passou por uma onda histórica de frio, com várias cidades batendo recordes de baixas temperaturas, com direito até à neve.


Dias depois, os termômetros voltaram a subir e, consequentemente, o número de pessoas gripadas, espirrando, tossindo e com crises de rinite aumentou, especialmente entre os mais vulneráveis, como as crianças e os idosos.


Para se manter saudável com essa oscilação de termômetro, quente e frio, só mesmo fortalecendo o sistema imunológico. Assim, o ideal é evitar locais fechados, nos quais o ar não circula. Já em casa, vale deixar os ambientes bem ventilados e sempre lavar as mãos ao chegar da rua, hábito que se intensificou na pandemia e que veio para ficar.


O médico Guilherme Furtado, infectologista do HCor, listou 8 dicas que contribuem para o funcionamento do sistema imunológico. Uma delas é intensificar o consumo de líquidos para eliminar toxinas do corpo e manter o muco do trato respiratório mais fluído. Veja as outras dicas no site Saúde em Dia, parceiro do Metrópoles.


Fonte: Metrópoles

5 visualizações0 comentário