top of page

Uso de celular durante refeição aumenta ingestão calórica, diz estudo



Você é mais um tipo de pessoa que considera a refeição como “hora sagrada?” Maravilha! Saiba que o seu bem-estar diário agradece. Como assim? O estudo do departamento de psicologia da Universidade da Campânia Luigi Vanvitelli, da Itália, citou que o uso do celular na refeição aumenta a ingestão calórica.


O impacto do uso do celular na refeição


Os pesquisadores italianos Marco La Marra, Giorgio Caviglia e Raffaella Perrella alegaram que por mais que a distração interfere com sinais fisiológicos de fome e saciedade, existe a “sugestão” do efeito de facilitação social.


Sendo assim, esses estudiosos reforçaram na sequência que a cognição é o componente fundamental na regulação da ingestão alimentar. E as atividades que solicitam altas demandas perceptivas devem ser desencorajadas na “hora do rango”.


Por todo o mundo, os dados atuais atestam que o uso de tecnologias digitais denominadas “tempo de ecrã” (aparelhos, que utilizam um ecrã) denota um fator de risco de obesidade. E, especificamente, entre os jovens.


Essa evidência soa como preocupante já que o uso excessivo de aparelhos móveis aponta em alguns casos um comportamento semelhante ao vício. Conforme estudo do Domoff S. E., Sutherland E. Q., Yokum S. e Gearhardt A. N. (2020), Adolescents’ addictive phone use: associations with eating behaviors and adiposity.


Por fim, a equipe conclui que a análise sublinha que a utilização de dispositivos móveis durante as refeições interfere no comportamento alimentar e que esse conhecimento pode ajudar a informar sobre a importância de encorajar a prestar atenção na hora da ingestão alimentar.


A palavra da especialista


“Qualquer distração na hora da refeição pode tirar a atenção aos alimentos, à mastigação e diminuir a sensação de saciedade, o que pode fazer com que a pessoa tenha vontade de comer mais e aí sim aumente a ingestão calórica”, concluiu em entrevista exclusiva para o Sport Life a nutricionista Beatriz Finizola.


Fonte: Sportlife

11 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page