Travesseiro velho causa problemas de saúde. Saiba quais


 
 

Dificuldade para adormecer à noite, dor de cabeça, tensão nos ombros ao acordar e até mesmo o aparecimento de acne são alguns sinais comuns de que está na hora de trocar o travesseiro.


“O tempo de troca varia de acordo com alguns fatores, como o tipo de travesseiro e sua posição de dormir”, explica o CEO e especialista em sono da empresa MattressNextDay, Martin Seeley, ao jornal Daily Mail.


O ser humano passa aproximadamente um terço da vida na cama. Quando está dormindo, o travesseiro vira um abrigo natural de suor, bactérias, poeira, óleos do cabelo e pele e células mortas. A combinação de tantas coisas na sua fronha pode causar acne e outros problemas de pele como vermelhidão, irritação e erupções no rosto.


“Você deve lavar seus travesseiros a cada três meses na máquina de lavar. No entanto, é importante de verificar a etiqueta de lavagem para ver qual é o melhor processo de limpeza para eles”, detalha Seeley.


Os protetores de travesseiro podem ajudar a mantê-lo limpo por mais tempo e criar uma barreira contra ácaros e causadores de alergias.


Dores de cabeça e no pescoço


Mesmo lavando o travesseiro regularmente, ele deve ser substituído no intervalo de até dois anos pois o enchimento se desgasta com o tempo. Travesseiros velhos podem causar dores de cabeça e nos ombros provocadas pela tensão devido à falta de apoio durante o sono.


O especialista em sono recomenda um teste simples para saber se o seu travesseiro precisa ser trocado por conta do desgaste no enchimento:

  1. Dobre o travesseiro no meio e espere alguns instantes;

  2. Se ele desdobrar e voltar à forma original, isso significa que ele tem enchimento suficiente para apoiar o pescoço e a cabeça por mais alguns meses.

“Vale a pena fazer este teste quando perceber que seu sono está sendo interrompido. Se ele (o travesseiro) não voltar, significa que perdeu o suporte e precisa ser substituído”, afirma Martin.


Como cuidar do travesseiro?


Cuidados simples contribuem com a longevidade do travesseiro e saúde de quem o uso. Veja:

  • Lave as fronhas uma vez por semana: a roupa de cama deve ser trocada regularmente para evitar o acúmulo de bactérias;

  • A maioria das roupas de cama deve ser lavadas a 40° C. Um vez por mês, no entanto, elas devem ser lavadas a 60° C para remover o acúmulo de óleos e bactérias;

  • Use detergentes suaves: produtos químicos mais agressivos podem danificar o tecido.


Fonte: Metrópoles

4 visualizações0 comentário