top of page

Tamanho não é documento: estudo com brinquedos eróticos revela preferência das mulheres



De acordo com um estudo inusitado, publicado recentemente na revista Journal of Sex Research, os homens não precisam se preocupar, pois as mulheres preferem tamanhos médios. Aliás, a circunferência parece importar mais do que o comprimento.


Pesquisadores da Universidade de Kent, na Inglaterra, avaliaram a popularidade de 265 brinquedos sexuais, observando seu tamanho, material, preço e avaliações. Os produtos avaliados variaram em valor de menos de £ 10 a quase £ 450 (entre R$ 63 e R$ 2.850) e estavam todos disponíveis no site da Lovehoney.


Eles concluíram que “as mulheres não dão muita ênfase ao tamanho grande do falo”. Isso se baseou no fato de elas descobrirem que maior não significa necessariamente melhor, reforçando a teoria de que as mulheres não se preocupam tanto com o tamanho.


Sem surpresa, os brinquedos sexuais mais populares eram os mais baratos. No entanto, os mais amados pelas mulheres tinham uma circunferência “média” de 12,3 centímetros. Para efeito de comparação, o pênis ereto médio tem uma circunferência de cerca de 11,6 centímetros, de acordo com um estudo de 2015 envolvendo mais de 15 mil homens.


Eles descobriram que o comprimento dos brinquedos era significativamente maior do que o pênis médio, com 17,9 centímetros. Isto, no entanto, “não é um indicador significativo da popularidade de um brinquedo”, observaram os autores. O comprimento médio de um pênis ereto é de cerca de 13,1 centímetros.


“Ao contrário do que esperávamos, não encontramos preferência por produtos com características realistas, além da presença de textura com veios, quando não controlamos o preço”, escreveram os autores.


Mas eles ressaltaram que se basearam apenas numa medida média do tamanho do pênis para comparar as suas descobertas.


“Reconhecemos que este estudo em si pode não ser preciso, dadas as muitas dificuldades metodológicas na determinação do tamanho médio do pênis, pelo que talvez seja necessária alguma cautela ao considerar os resultados apresentados comparando a nossa amostra com a 'realidade', acrescentaram.


Eles também alertam que como a Love Honey é uma loja do Reino Unido, os resultados refletem apenas as preferências dos consumidores britânicos e eles também acreditam que nem todas as avaliações podem ter sido enviadas por mulheres, pois homens também podem comprar e avaliar esses brinquedos.


O mercado global de dispositivos de bem-estar sexual foi estimado em cerca de £ 15 bilhões (R$ 94,9 bilhões) em 2021. Diversas celebridades, como a modelo Cara Delevingne e a atriz Gwyneth Paltrow entraram nesse mercado.


Fonte: O Globo

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page