Técnico em enfermagem vira Homem-Aranha em hospital infantil e conquista amizade de menino cego


 
 

Em São Vicente, no litoral de São Paulo, um técnico em enfermagem virou o Homem-Aranha para levar alegria às crianças em hospitais e comunidades carentes. Ao G1, de onde são as informações, Richard Pereira da Silva, de 37 anos, disse que se identifica com o personagem amigo da vizinhança. E por falar em amizade, o trabalho voluntário o fez melhor amigo de um menino cego.


A ideia de Silva veio de sua experiência de trabalho em um hospital, onde via como as crianças internadas ficavam inquietas com a situação. “Senti aquela adrenalina, a emoção de ver as crianças. É muita felicidade você chegar no leito e as crianças verem o super-herói, parece que o leito acaba virando um parque de diversão”, explica.


Em 2019, Richard conheceu um menino que tinha apenas parte da visão. A criança se apaixonou pela história do super-herói, e passou a considerá-lo seu melhor amigo.


O menino de 7 anos, que também é cadeirante, perdeu completamente a visão. Segundo a Prefeitura de São Vicente, ele possui microcefalia e mielomeningocele. No entanto, mesmo sem enxergar, Richard segue sendo seu melhor amigo.

Durante a pandemia, o garoto foi o único a receber visita presencial do super-herói. “É um guerreiro desde pequeno. Hoje ele não enxerga, mas ele já toca e sabe. Se eu falar ‘oi, adivinha quem está aqui’, ele já fala que é o Homem-Aranha. Ele não liga para presentes, mas sim para a presença. Pergunta se eu vim pela janela, diz que é meu melhor amigo. É mágico, uma lição de vida”, conta o técnico em enfermagem, que realiza o trabalho voluntário há 5 anos.


Fonte: IstoÉ

10 visualizações0 comentário