Sem salários, profissionais da Saúde carioca aprovam paralisação de 48 horas

Os trabalhadores do sistema público municipal de Saúde acabam de aprovar, em uma assembleia unificada, a paralisação de 100% dos profissionais de atenção primária e secundária durante 48 horas.

E o movimento de greve, que estava trabalhando com 50% de sua capacidade, vai reduzir a presença para 30% de sua força nos atendimentos de emergência e urgência.

Duas semanas atrás, a Justiça trabalhista determinou o arresto de R$ 325 milhões das contas da prefeitura para o pagamento de salários atrasados e 13º dos contratados por Organizações Sociais.

No entanto, a Advocacia Geral da União conseguiu virar o jogo, já que as contas bancárias apresentadas pela gestão Marcelo Crivella (PRB) eram de recursos carimbados.

Em nova decisão desta segunda-feira (9), o desembargador Cesar Marques Carvalho deu ao Palácio da Cidade 24 horas para apresentar outras contas — e que não estejam vinculadas à União.

Fonte: Extra

#paralisação #saude #salário #atrasos #profissionais

0 visualização

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Facebook
  • Instagram