top of page

Saiba 8 sintomas da gravidez que aparecem antes da menstruação atrasar


 
 

O atraso menstrual é o principal indicativo de uma possível gestação. Contudo, antes mesmo de ele ocorrer, alguns outros sintomas podem se manifestar no corpo feminino caso a fecundação tenha acontecido.


Seios doloridos, náuseas frequentes, cólicas, dores abdominais leves ou cansaço excessivo podem indicar que a mulher está grávida.


Os sintomas que surgem antes do atraso menstrual são relativamente frequentes em todas as mulheres e ocorrem devido às alterações hormonais, principalmente devido à produção de progesterona.


O hormônio aumenta logo após a ovulação para preservar o endométrio e permitir que exista a implantação do óvulo fecundado no útero. Em decorrência desse processo, a mulher para de menstruar.


Contudo, esses sintomas também podem surgir no período pré-menstrual, o que pode confundir um pouco as mulheres que estão tentando engravidar ou que tiveram relações sexuais sem proteção.


Por isso, caso apareçam esses sinais, o melhor é esperar para que se confirme o atraso menstrual e depois realizar os exames para identificar o hormônio relacionado à gravidez, chamado de beta-HCG.


Sintomas de gravidez antes do atraso


Alguns dos sintomas que podem aparecer antes do atraso menstrual e ser indicativos de gravidez são:

  1. Dor nos seios, que acontece devido ao aumento da produção de hormônios;

  2. Escurecimento das aréolas;

  3. Sangramento rosado, que pode acontecer até 15 dias após a fecundação;

  4. Inchaço e dor abdominal;

  5. Cansaço excessivo sem motivo aparente;

  6. Aumento da frequência para urinar;

  7. Prisão de ventre;

  8. Náuseas frequentes.

Como saber se é gravidez


Para confirmar que os sintomas apresentados antes do atraso menstrual são de gravidez, é importante estar atenta ao ciclo menstrual.


Por isso, a mulher precisa observar se teve relação sexual durante o período fértil, que é o intervalo de dias em que existe maior chance de engravidar.


No caso de ciclos menstruais irregulares, é importante anotar a duração do ciclo mais longo e do ciclo mais curto dos últimos 3 ciclos. Esta é a forma mais confiável de fazer o cálculo para saber o período fértil.


Para confirmar a gravidez, é importante consultar um ginecologista e fazer um exame de sangue beta-HCG.


Fonte: Metrópoles

10 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page