top of page

Síndrome de Ménière: entenda a doença rara do padre Fábio de Melo



O padre Fábio de Melo, um dos religiosos mais populares do Brasil, chamou atenção por estar com o rosto inchado em uma participação no programa Altas Horas, da Rede Globo. A fisionomia levou seus a fãs a especularem se ele tinha feito um procedimento de harmonização facial.


Em entrevista ao jornalista Bruno Tálamo, do portal O Dia, o católico contou que sofre com síndrome de Ménière. O padre explicou que “os sintomas são a perda de audição e o distúrbio do labirinto e, em algumas pessoas, dá muita tonteira”. Ele conta que passou por uma crise recentemente, e precisou fazer uso de corticoides.


A síndrome de Ménière é uma doença rara que afeta o ouvido interno, e é caracterizada por episódios frequentes de vertigens, perda de audição e zumbido, que podem acontecer devido ao acúmulo excessivo de líquido dentro dos canais do ouvido.


Na maioria dos casos, a síndrome de Ménière afeta apenas um dos ouvidos, mas pode acometer os dois. É uma condição que pode se desenvolver em pessoas de todas as idades, embora se manifeste com maior frequência entre os 20 e 50 anos.


Apesar de não ter cura, existem tratamentos indicados pelo otorrinolaringologista que podem controlar a doença, como o uso de diuréticos, dieta pobre em sódio e realização de fisioterapia, por exemplo.


Sintomas da síndrome de Ménière


Os sintomas da síndrome de Ménière podem surgir repentinamente e durar minutos ou horas. A intensidade das crises e frequência podem variar de uma pessoa para outra. Os principais sintomas são:


  • Vertigens;

  • Tonturas;

  • Perda do equilíbrio;

  • Zumbido;

  • Diminuição ou perda da audição;

  • Sensação de ouvido tampado.


É importante que o otorrinolaringologista seja consultado assim que surgirem os primeiros sinais indicativos da síndrome, pois assim é possível iniciar o tratamento para aliviar os sintomas e prevenir novas crises.


Possíveis causas


A causa específica da síndrome de Ménière ainda não é muito bem esclarecida, mas acredita-se que ela acontece devido ao acúmulo excessivo de líquido dentro dos canais do ouvido.

Esse acúmulo pode acontecer devido a diversos fatores, como alterações anatômicas do ouvido, alergias, infecções por vírus, pancadas na cabeça, enxaqueca frequente e resposta exagerada do sistema imune.


Fonte: Metrópoles

10 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page