Síndrome da ampulheta: entenda como jeans apertado causa danos à saúde


 
 

Você tem o hábito de encolher a barriga e prender a respiração para caber em sua calça jeans preferida? A prática de vestir calças apertadas com frequência pode causar a síndrome da ampulheta, com “sérios riscos à saúde”, segundo uma especialista em saúde pélvica.


“Pode parecer completamente normal, considerando quantas mulheres usam esse tipo de roupa, mas se você fizer isso por muito tempo, pode ter impactos físicos e mentais”, afirmou Stephanie Taylor, especialista em assoalho pélvico pela empresa Kegel8, ao jornal britânico The Sun.

O nome da síndrome vem do formato que a calça provoca no corpo feminino. Os impactos podem ser observados no estômago, assoalho pélvico, pulmão, costas e até pescoço e ombros, com prejuízos a longo prazo.


De acordo com a especialista, contrair o estômago por muito tempo enquanto se está vestindo a calça pode afetar os músculos da região, além de provocar uma pressão para baixo, em direção ao assoalho pélvico – conjunto de músculos e ligamentos que sustentam a bexiga, o útero, o intestino e tudo que fica na região baixa do abdômen.


O problema pode resultar em incontinência urinária e prolapso vaginal – o enfraquecimento dos músculos que sustentam os órgãos da pelve –, com indicação de cirurgia. Segundo Stephanie, os pulmões acabam sendo afetados, porque, com a pressão dos órgãos e músculos do centro do corpo, torna-se mais difícil respirar profundamente, o que pode diminuir os níveis de oxigênio no sangue.


“Apertar o abdômen por períodos prolongados ao caminhar ou ficar em pé pode alterar a mecânica do seu corpo, sobrecarregando as articulações e os músculos para compensar a falta de apoio do diafragma contraído”, afirma a especialista. Por isso, um jeans muito apertado pode resultar até em dores nas costas, no pescoço e nos ombros ao final do dia.


“Quando o diafragma não desce como deveria na barriga, ele coloca o pescoço sob tensão enquanto tenta compensar a falta de ar. Isso desempenha um papel crítico na dor no pescoço e no ombro”, diz Stephanie. A especialista ensina ainda que os músculos do abdômen podem ser afetados, perdendo função e respondendo menos a exercícios que tentam fortalecer a região.

O uso da calça muito apertada também pode ter efeitos mentais, influenciando a autoimagem do usuário: se faz parte da rotina encolher a barriga, pode ser difícil se acostumar com o formato normal do corpo em roupas mais largas.


Todos os problemas de saúde causados pelo uso de calças apertadas devem ser acompanhados por um profissional de saúde.


Fonte: Metrópoles

20 visualizações0 comentário