Ronaldo testa positivo para Covid-19 e não vai participar de eventos do aniversário do Cruzeiro



Na manhã deste domingo, o Cruzeiro comunicou que o ex-jogador Ronaldo Fenômeno testou positivo para Covid-19. O ex-jogador, agora sócio majoritário da SAF (Sociedade Anônima do Futebol) do time mineiro, era aguardado em Belo Horizonte para participar de eventos em comemoração pelo aniversário de 101 do clube.

Mais notícias do Cruzeiro De acordo com a assessoria de comunicação do Cruzeiro, Ronaldo está com sintomas leves e, por orientação médica, está em repouso. O ex-jogador se encontra em isolamento social. O clube informa que, em breve, vai divulgar a nova agenda do ex-jogador na capital mineira. Estavam previstos eventos de Ronaldo com sócios torcedores, em live e presencialmente, além de uma coletiva de imprensa, na segunda-feira, quando ele iria responder a perguntas sobre o início da gestão à frente do futebol cruzeirense.

Mesmo sem a presença do ex-jogador, a tradicional missa em celebração ao aniversário do clube, na igreja São Sebastião, no Barro Preto, em BH, está mantida para a tarde deste domingo.

O elenco do Cruzeiro volta aos treinos na próxima terça-feira, dando início aos trabalhos de pré-temporada na Toca da Raposa. Ainda sem treinador, após a saída de Vanderlei Luxemburgo, dispensado pelo novo comando do futebol cruzeirense, era esperado que Ronaldo anunciasse o nome do novo técnico antes da reapresentação dos atletas. O técnico uruguaio Paulo Pezzolano, de 38 anos, é o preferido da nova diretoria do Cruzeiro para assumir a vaga de Luxemburgo no comando técnico da equipe. Ex-técnico do Pachuca-MEX, Pezzolano é velho conhecido do diretor Paulo André e se encaixa no perfil buscado pela gestão de Ronaldo Fenômeno.

Em dezembro, o ex-atacante do Cruzeiro anunciou a compra de 90% das ações da SAF do time mineiro por R$ 400 milhões. Ronaldo, de 45 anos, atualmente também é dono do Valladolid, clube da Segunda Divisão da Espanha. Em 2018, adquiriu 51% das ações por 30 milhões de euros. A expectativa é que haja uma interação maior entre os clubes agora.


Fonte: GloboEsporte

58 visualizações0 comentário