RJ terá 'superferiado' de 10 dias para conter avanço da Covid


 
 

O estado do Rio de Janeiro informou que terá um “superferiado” de 10 dias a partir da próxima sexta-feira (26) e até o Domingo de Páscoa (4).


A GloboNews apurou que a antecipação de feriados e a criação de três dias de folga foram um dos pontos de consenso em reuniões na noite deste sábado (20) e na manhã deste domingo (21). Outra foi o fechamento das escolas públicas e particulares nesse período.

O "superferiado" ainda será anunciado e precisa passar pela aprovação da Assembleia Legislativa (Alerj). Fontes ouvidas pela TV Globo apontam que já há apoio dos deputados e que a medida será aprovada.

Ainda segundo a GloboNews, não houve acordo entre a Prefeitura do Rio e o governo estadual para a adoção de medidas mais restritas. Impasse entre prefeitura e estado Os prefeitos do Rio e de Niterói, Eduardo Paes e Axel Grael, saíram contrariados do encontro deste domingo com o governador Cláudio Castro no Palácio Laranjeiras e devem anunciar medidas conjuntas na segunda-feira (22).

Na última sexta-feira (19), Paes afirmou que baixaria regras ainda mais rígidas independentemente de um acordo com Castro. A maior parte das medidas municipais, como o funcionamento de bares e restaurantes, se sobrepõem às normas do estado. Regras planejadas pelo estado (ainda não publicadas) ENSINO

  • Escolas públicas e particulares fechadas.

TRANSPORTES

  • Manutenção da oferta de transportes públicos das 5h à meia-noite, de segunda a sábado, e das 7h às 23h aos domingos, para evitar aglomerações;

  • Fiscalização do uso de máscara e álcool em gel nas estações;

  • Proibição de fretamento de ônibus intermunicipais e interestaduais, exceto de transporte de trabalhadores.

BARES E RESTAURANTES

  • Funcionamento com metade da capacidade;

  • Entrada de clientes até 21h;

  • Fechamento até 23h;

  • Proibido vender bebida alcoólica para clientes em pé;

  • Permitido servir em mesas de até quatro pessoas;

  • Drive-thru, delivery e take-away mantidos;

  • proibição de consumo de bebidas alcoólicas em lojas de conveniência e bancas de revistas.

COMÉRCIO

  • Shoppings e centros comerciais devem funcionar com 40% da capacidade, das 12h às 20h;

  • Lojas em geral podem abrir entre 8h e 17h;

  • O setor de serviços pode atender das 12h às 20h;

  • Feiras livres poderão funcionar a critério de cada município.

INDÚSTRIA

  • Segue as regras dos feriados.

LAZER

  • Praias permanecerão fechadas;

  • Clubes e parques também serão fechados;

  • Continua proibida a permanência em espaços públicos entre 23h e 5h;

  • Festas e eventos de qualquer natureza seguem probidos.

HOTÉIS

  • abertos, com proibição das áreas de lazer (exceto academia). Bares e restaurantes dos hotéis seguem a regra geral do setor;

Fonte: G1

3 visualizações0 comentário