top of page

Quatro pessoas morrem nos EUA após usarem colírio contaminado



Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos após usarem colírios contaminados com uma espécie de bactéria rara, resistente a medicamentos, de acordo com o Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).


Ao todo, 81 casos relacionados à contaminação pela bactéria Pseudomonas aeruginosa foram identificados até agora no país, dentre eles há quatro vítimas fatais, 14 pessoas que perderam a visão e outras quatro que tiveram os globos oculares removidos cirurgicamente.


A bactéria Pseudomonas aeruginosa tem um perfil resistente ao tratamento com antibióticos. Os casos foram identificados em 18 estados norte-americanos, incluindo Califórnia, Colorado, Connecticut, Delaware, Flórida, Illinois, Carolina do Norte, Nova Jersey, Novo México, Nevada, Nova York, Ohio, Pensilvânia, Dakota do Sul, Texas, Utah, Washington e Wisconsin.


Marcas indianas


Segundo o CDC informou na sexta-feira (19/5), a maioria dos pacientes havia usado colírios das marcas EzriCare e Delsam Pharma, fabricados pela Global Pharma Healthcare, na Índia. Inspetores de saúde visitaram a fábrica no país asiático, onde descobriram problemas no processo de fabricação e testagem.


Os produtos foram recolhidos das farmácias em fevereiro, quando a agência Food and Drug Administration (FDA), equivalente à Anvisa, emitiu um comunicado de alerta avisando a população para não comprar os colírios. Ao menos sete pessoas foram diagnosticadas após o recall.


Fonte: Metrópoles

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page