Quatro novas cepas da covid-19 circulam pelo Distrito Federal, informa Secretaria de Saúde


 
 

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) confirmou a presença de pelo menos quatro cepas da covid-19 em pacientes do DF. As amostras foram analisadas pelo Laboratório Central da Secretaria de Saúde (Lacen-DF). Na noite desta terça, a pasta soltou a nota técnica que informou quais são as variantes do vírus encontradas: P1, P2, B.1.1.28, B.1.1.143.

Nesta terça-feira (9/3), durante entrevista coletiva, o Secretário de Saúde do Distrito Federal, Osnei Okumoto, confirmou a presença de novas cepas em circulação na capital. “Já há a identificação de, pelo menos, duas variantes importantes. Podemos dizer que já há aqui no DF", disse.

De acordo com a SES-DF, a variação B.1.128 foi uma das primeiras cepas a circular. Sobre a linhagem B.1.1.143, a pasta disse apenas que “é uma outra linhagem que também já é identificada em diversos estados”. A P2 se refere à variante encontrada no Rio de Janeiro. Já a P1 é a encontrada em Manaus em janeiro deste ano.

Em entrevista coletiva, okumoto afirmou que as variantes têm um índice de transmissibilidade maior e causam um período de internação mais longo. O titular da pasta revelou que o número de jovens internados nas últimas semanas é 'muito maior que na primeira onda'.


O secretário também disse que as mutações têm letalidade menor, mas podem levar a um tempo de internação grande, causando colapso ao sistema de saúde. "Não quer dizer que a pessoa não vai sofrer com esse vírus. Vai sofrer, vai internar, como está acontecendo agora. Muitas pessoas com necessidade de intubação, muitos pacientes necessitando de estarem sendo atendidos a nível de maior complexidade."


Nesta terça-feira, o Distrito Federal chegou a 5.002 mortes por covid-19, com o registro de mais 23 óbitos causados pela doença em 24 horas. Segundo boletim epidemiológico, com os 1.008 novos casos confirmados, o DF chegou a 309.547 pessoas infectadas pelo novo coronavírus.


Fonte: Correio Braziliense

2 visualizações0 comentário