Prefeito de Florianópolis antecipa volta de férias do México após críticas e pede desculpas



O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), antecipou o retorno do México, onde permanecia em férias, desde a semana passada. Após as críticas, o prefeito publicou um texto nas redes sociais, na noite de domingo (28), e pediu desculpas. A cidade vive um aumento de casos da Covid-19 e tem Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) lotadas.


"Reconheço que não deveria ter me ausentado. Por isso, peço sinceras desculpas à cidade.


Quem me acompanha sabe que sempre estive e estarei na linha de frente em todos os momentos críticos da nossa cidade, sem jamais me omitir. Mesmo assim, recebo com humildade as merecidas críticas por esse episódio, as quais procurarei recompensar com total dedicação e muito trabalho", disse.

Loureiro foi criticado nas redes sociais por viajar durante o aumento nos casos de Covid-19 na Capital e na ocupação de leitos. Com a piora da situação, o prefeito chegou a participar de reuniões virtuais, mas não chegou a divulgar a viagem oficialmente. Imagens dos encontros indicaram que o prefeito teria se hospedado em Cancún, mas o gabinete informou que ele estava Cidade do México. O G1 SC procurou o governo de Florianópolis para saber se o prefeito já chegou ao estado e quando retoma as atividades no Executivo. Também não foi informado quando o prefeito viajou para o exterior. Até a publicação deste texto, não houve retorno. "Depois de um ano tão difícil para todos, senti que precisava muito parar, mesmo que por poucos dias, e lembrar que, como todos seres humanos, temos limites. Infelizmente, a situação no nosso estado se agravou numa velocidade inimaginável, fato que exigia minha presença com urgência. Já no início da semana passada, tomei a decisão de retornar imediatamente. Mas, para isso, tive que aguardar o resultado do teste PCR obrigatório", disse. Florianópolis tem 58,4 mil diagnósticos confirmados e 489 mortes por causa do vírus. No estado, são 670.606 casos e 7.358 mortes desde o início da pandemia. Na última semana, decretos restringindo a circulação de pessoas foram publicados pelo governo estadual para tentar frear o avanço da pandemia.

Na manhã de domingo, 99 pessoas esperavam na fila por leitos de UTI em Santa Catarina. A taxa de ocupação de leitos SUS está em 92,2%.


Fonte: G1

2 visualizações0 comentário

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Instagram