Planos de saúde tem maior reajuste desde julho de 2019, mostra IBGE



Os preços de plano de saúde subiram 0,66%, segundo o Índice do Preços ao Consumidor Amplo ( IPCA ), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esta é a maior alta desde julho de 2019 (0,79%). Em 12 meses, o indicador avança 2,51% .


O movimento reflete a incorporação da primeira parcela do reajuste dos planos, que tinha sido suspenso no ano passado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e será parcelado ao longo dos 12 meses de 2021. Com isso, deve haver uma sobreposição dos reajustes no segundo semestre, lembrou o gerente do IPCA, Pedro Kislanov.


“Este é o primeiro mês com o reajuste do plano de saúde referente a 2020, que será aplicado cada mês ao longo do ano. Quando chegar lá em julho, e a ANS decidir pelo reajuste de 2021, deve haver, a grosso modo, uma soma desses dois fatores (de reajuste)", explicou. O item foi a principal influência para a alta de 0,32% do grupo saúde e cuidados pessoais em janeiro – após variação de 0,40% em dezembro de 2020.


Fonte: iG

4 visualizações0 comentário