Pfizer faz recall de remédios para pressão alta com impurezas



A Pfizer fará o recolhimento voluntário de alguns lotes do medicamento Accuretic e de duas versões de genéricas dele, usadas no tratamento da pressão arterial alta.


A retirada do mercado será realizada após o controle de qualidade do laboratório ter encontrado nitrosamina nos comprimidos, uma impureza associada ao desenvolvimento de câncer.


De acordo com o anúncio do feito na segunda-feira (21/3), os lotes recolhidos foram destinados às farmácias dos Estados Unidos e de Porto Rico entre novembro de 2019 a março de 2022.


O Metrópoles procurou a farmacêutica para saber se o mesmo problema foi encontrado nos medicamentos destinados ao mercado nacional e ainda aguarda resposta.


O que são nitrosaminas


As nitrosaminas são substâncias comuns na água e em alguns alimentos, como carnes curadas e grelhadas, laticínios e vegetais. Embora todos estejam expostos a algum nível dessa impureza, o consumo acima dos níveis aceitáveis ​​por longos períodos de tempo pode aumentar o risco de câncer.


“A Pfizer acredita que o perfil de benefício/risco dos produtos permanece positivo com base nos dados atualmente disponíveis. Embora a ingestão a longo prazo de N-nitroso-quinapril (nitrosamina) possa estar associada a um potencial aumento do risco de câncer em humanos, não há risco imediato para os pacientes que tomam este medicamento”, escreveu a farmacêutica no comunicado.

Recolhimento da Sanofi Medley


No início do mês, a farmacêutica Sanofi Medley anunciou o recolhimento voluntário de lotes de remédios anti-hipertensivos no Brasil após encontrar nitrosaminas no princípio ativo losartana. No caso da Sanofi Medley, também não foram identificados casos de pacientes que desenvolveram câncer.


Fonte: Metrópoles

5 visualizações0 comentário