Papai Noel é acusado de espalhar covid-19 em visita a asilo e deixar 18 idosos mortos


 
 

Um homem foi responsável indireto pela morte de 18 idosos de um asilo na Bélgica. Sem saber que estava infectado, o homem vestido de papai Noel , confraternizou com os residentes e acabou espalhando a Covid-19 (Sars-cov-2).


Informações colhidas pela imprensa local relatam que o asilo teria 120 idosos residente sob os cuidados de 36 funcionários. Todos teriam sido infectados . Segudo a mídia local, o surto do novo coronavírus ocorreu após a visita do papai noel.


Alguns residentes estariam sem máscaras durante a confraternização com o papai Noel e o seu assistente vestido de Zwarte Piet - um personagem natalino associado ao racismo por pintar o rosto de preto. O asilo não teria ventilação adequada.


Fonte: iG

7 visualizações0 comentário