Papa aparece em cadeira de rodas pela 1ª vez após inflamação em joelho



O Papa Francisco apareceu em cadeira de rodas pela primeira vez desde o início de uma inflamação em seu joelho que vem causando problemas de mobilidade ao pontífice.


Francisco, 85, foi a uma audiência de freiras de cadeira de rodas na manhã desta quinta-feira (5) no Vaticano. Desde a última inflamação que teve no joelho, há dois meses, ele cancelou ou reduziu compromissos, fez missa sentado e tem conseguido caminhar, porém com dificuldade e ajuda.


No entanto, o Papa afirmou que médicos darão injeções no joelho para ajudá-lo a ter mais mobilidade novamente. Críticas à guerra Apesar dos problemas de mobilidade, o Papa Francisco tem exercido um papel ativo nas críticas aos ataques da Rússia em território ucraniano, tema que domina a maior parte de seus discursos desde o início da guerra, em 24 de fevereiro.

Na quarta-feira (5), o pontífice foi criticado pelo líder da Igreja Ortodoxa da Rússia, o patriarca Kirill, que repreendeu uma fala de Francisco. O Papa havia criticado o apoio de Kirill à guerra da Ucrânia e disse que ele "não pode ser um coroinha de (Vladimir) Putin", de quem o patriarca é próximo. Também na quarta-feira, o Kremlin avisou que não aceitou, por enquanto, um pedido do Vaticano para que Francisco se reúna com o presidente russo em Moscou. Segundo o governo do país, não houve acordo para a audiência.


Fonte: G1

2 visualizações0 comentário