Opinião do especialista | obesidade na pandemia e ganho de peso durante o isolamento social



A obesidade é um problema que, por si só, já é preocupante, mas, com a pandemia do novo coronavírus se torna mais grave, pois obesos estão no grupo de risco da doença, segundo especialistas. Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), existem mais de 18 milhões de pessoas obesas no país. Se consideradas todas que estão acima do peso, o número passa de 70 milhões. A cada ano, são 2 milhões de novos casos.


Os números preocupam, principalmente, porque o excesso de peso é um dos fatores mais relevantes para outras doenças, como o diabetes e a hipertensão. Sem contar em todos os problemas emocionais e psicológicos envolvidos.


Neste período de isolamento social, muitas pessoas relatam ser mais difícil manter o peso, uma porque por estarem em casa acabam se aventurando na cozinha, elaborando pratos novos e, consequentemente, comendo mais. Tem também as questões psicológicas, como a ansiedade em um período de tantas incertezas.


Opinião do especialista


O Portal Saúde Agora perguntou a opinião da médica Dra. Wanessa Neves Stival- especialista na área da ENDOCRINOLOGIA - sobre as consequências do isolamento social para o ganho de peso e os perigos da obesidade em tempos de pandemia. Confira a opinião da especialista:


Portal Saúde Agora: Como controlar a obesidade em um período de isolamento?


Dra. Wanessa Stival: Perder a rotina diária é um grande risco e nosso corpo precisa dela para não estocar gordura, então é importante tentar mantê-la com horários para dormir, acordar e se alimentar. Nesse período de incertezas a ansiedade se acentua e o consumo de calorias aumenta. Medidas como meditação e oração podem ajudar a equilibrar o estado emocional, tem algumas opções de meditação guiada na internet.


Evite fazer compras de supermercado com fome, isso favorece escolhas não saudáveis e quando temos alimentos ricos em açúcares e gorduras em casa fica muito mais difícil resistir, por isso busque comprar uma maior quantidade de frutas e verduras e menor de industrializados. Quando a vontade de consumir esses alimentos for mais forte, compre apenas 1 item.


Portal Saúde Agora: Quais doenças metabólicas o excesso de peso pode desencadear?


Dra. Wanessa Stival: O sobrepeso e a obesidade favorecem doenças como colesterol alto, diabetes, hipertensão e em sequência esteatose hepática (gordura no fígado), inflamação crônica, infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral, doenças ortopédicas que limitam ainda mais a atividade física, aumenta o risco de alguns tipos de câncer e várias outras comorbidades.


Portal Saúde Agora: Como evitar o sedentarismo e como ele pode influenciar o ganho de peso?


Dra. Wanessa Stival: Algumas academias têm disponibilizado atividades em aplicativos de celular, assim como professores de educação física aumentaram muito suas consultorias online com custo mais acessível e mesmo de maneira gratuita na internet é possível encontrar dicas de treinos. A rotina diária também nos ajuda a cumprir essa atividade com mais regularidade.


Atividade física é parte essencial do processo de emagrecimento e nenhuma medicação vai substituí-la. Os benefícios são inúmeros com controle de ansiedade, qualidade do sono, gasto de calorias, reduz inflamação a médio e longo prazo, aumento de massa magra e com isso melhora do metabolismo e poderia citar outras tantas.


Portal Saúde Agora: Quais fatores aumentam o risco de pessoas com obesidade diante do novo coronavírus?


Dra. Wanessa Stival: A pessoa com obesidade tem uma doença crônica que comprovadamente conforme o grau e tempo que foi estabelecida reduz anos de vida independente do desenvolvimento das comorbidades, que são muito comuns. Os novos estudos sugerem maior risco para aqueles que estão com excesso de peso. Ressalto ainda que excesso de peso está muito ligado a deficiência de vitamina D (aquela do sol) e sua relação de melhora do sistema imunológico também está bem estabelecida.


Siga o Portal Saúde Agora no Instagram e Facebook!

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Facebook
  • Instagram