Noivo morre e quase 100 pessoas testam positivo para Covid-19 após casamento na Índia



Um homem morreu por conta do novo coronavírus dois dias após a cerimônia de seu casamento, que ocorreu no último dia 15 de junho, na Índia. Ele contaminou pelo menos outras 100 pessoas que estiveram na celebração ou tiveram contato com esses convidados.


O noivo, que tinha 30 anos e trabalhava com tecnologia da informação em Nova Deli, de acordo com o jornal norte-americano The New York Times, retornou à sua cidade natal — Patna, no nordeste da Índia — para se casar e comentava com amigos que a cerimônia seria "lembrada para sempre" como o "casamento corona".


Segundo informações de agências internacionais, o noivo já estava doente antes do matrimônio e, inclusive chegou a procurar um médico, que o receitou alguns remédios, mas não fez o teste para a covid019 nem alertou as autoridades locais. Mesmo com a saúde piorando, a família não avisou a ninguém e os pais insistiram em continuar com o casamento.


Após a cerimônia, o estado do homem se agravou. Segundo a CBS, quando a família decidiu levá-lo a um hospital local, ele não resistiu e chegou ao atendimento já morto. 

Todos os 400 convidados foram testados e aqueles que foram diagnosticados com a covid-19 tiveram de ser encaminhados a um hospital, além de terem seus contatos posteriores à cerimônia checados, para encontrar possíveis novos casos.


A noiva testou negativo para a doença. Já o pai do noivo negou para o veículo indiano The Wire que o filho estivesse doente antes do casamento, afirmando apenas que ele e alguns outros parentes tiveram a covid-19.


A região de Bihar, onde fica a cidade de Patna, onde ocorreu a cerimômia, já tem 9.988 casos de covid-19 confirmados. 


Fonte: R7

9 visualizações

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Instagram