“Não tivemos tempo de salvá-lo”, lamenta amigo de médico morto em incêndio


 
 

A data era de comemoração, já que aquele era o primeiro encontro de um grupo de amigos após a formatura no curso de medicina. O que prometia ser uma noite de felicidade e companheirismo, logo se tornou tragédia, com a morte de Leonardo Mateus Janeri Barbosa, de 24 anos.


Nesta sexta-feira (6), dois amigos que estavam com a vítima no momento do incêndio prestaram depoimento à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Curitiba e, bastante abalados, lamentaram o ocorrido.


Lucas Gonçalves é apontado pela DHPP como a segunda vítima do incêndio ocorrido no The Oak Winter and Beer. Com ferimentos mais leves, ele prestou depoimento na tarde desta sexta. Ele lamentou o ocorrido em entrevista à Banda B. “O que aconteceu lá foi um ato de irresponsabilidade e imprudência no manuseio, que gerou uma explosão. Ele foi o mais ferido e acabou não sobrevivendo”.


Fonte: Metrópoles

3 visualizações0 comentário