Mulher diz 'estar saudável', se recusa a usar máscara e causa confusão em supermercado de Brasília


 
 

Uma mulher causou uma confusão com clientes e funcionários de um supermercado da Asa Sul após se recusar a usar a máscara de proteção facial. O item evita a disseminação do coronavírus e é obrigatório em espaços fechados no Distrito Federal. O caso ocorreu na última quinta-feira (30), no Pão de Açúcar da quadra 308 Sul e foi registrado em vídeo (veja baixo).


Imagens feitas por uma cliente que preferiu não se identificar mostram a mulher sem máscara, dizendo à funcionária do estabelecimento que "está saudável". Ao notar que estava sendo filmada, ela usou a própria bolsa para tentar impedir a gravação. O g1 não conseguiu localizar a mulher que aparece no vídeo.

O vídeo mostra ainda que uma outra pessoa afirmou que iria chamar a polícia e que a falta do uso da máscara colocava a vida da atendente, uma senhora, em risco. O gerente do estabelecimento interveio e convenceu a cliente a colocar a proteção contra Covid-19. Em nota, a rede Pão de Açúcar informou que "cumpre irrestritamente os decretos que determinam o uso de máscaras em ambientes fechados" e que, assim que percebeu que a cliente não estava usando o item de proteção, uma colaboradora a abordou e esclareceu sobre a necessidade de utilizar o acessório para ser atendida. "Após a insistência da colaboradora, a cliente colocou uma máscara oferecida pela loja e finalizou as compras", disse o Pão de Açúcar, em nota. A Polícia Militar foi acionada, no entanto, afirmou que não compareceu porque o caso foi resolvido ainda no supermercado.

A máscara de proteção facial é obrigatória em ambientes fechados no Distrito Federal. Em novembro de 2021, o item deixou de ser exigido em espaços ao ar livre. 'A pandemia não acabou' A cliente que fez o vídeo conversou com a reportagem da TV Globo e lamentou ainda haver pessoas que se recusam a usar o item de proteção em meio à pandemia de Covid-19. "A pandemia não acabou. A variante ômicron, ela está rondando, ela está aumentando aqui no DF", disse a cliente. Ela afirmou que também não gostaria mais de usar máscara e nem de viver na pandemia, mas lembra que o ideal é se cuidar e pensar no próximo. "Então, se o decreto obriga a gente a usar, todo mundo tem que usar. Não é 'eu não quero' ", comentou.

O mais recente boletim da Secretaria de Saúde, divulgado na sexta-feira (31), mostra que o Distrito Federal tem 11.108 vítimas do novo coronavírus. Ao todo, 519.811 foram infectadas pela Covid-19 na capital.


Fonte: G1

11 visualizações0 comentário