Mudar um hábito pode fazer toda a diferença para a sua saúde mental



Não há dúvidas de que a saúde mental é tão importante quanto a saúde física. Desajustes neste aspecto da vida podem levar à ansiedade, depressão, insônia e problemas de relacionamento, entre tantas outras doenças. A boa notícia é que é possível fazer muita coisa para prevenir problemas deste tipo. E, o melhor: é fácil começar.


Segundo Vitor Paese, psicoterapeuta e mestre em Psicologia Clínica, uma boa saúde mental existe quando conseguimos manter o equilíbrio na forma como nos relacionamos com o mundo. Este equilíbrio se manifesta externamente por meio dos diversos papéis que desempenhamos, sendo que os mais comuns e que regem a vida da maioria das pessoas são o profissional, amoroso e familiar. Quando há desequilíbrio em algum deles, como uma demissão, separação ou briga com os filhos, por exemplo, isto afeta a saúde mental.

Ao mesmo tempo, existe o equilíbrio interno. Você está feliz, satisfeito, em paz? Neste aspecto, o psicoterapeuta também considera características como a espontaneidade e a criatividade para determinar a saúde mental de um paciente. Ou seja: quem vive sempre da mesma forma, sem novidades, acaba não conseguindo dar respostas diferentes a novas situações, o que também afeta a parte emocional da nossa saúde. Como você pode ver, a mudança de hábitos é algo fundamental para manter o equilíbrio, tanto interno quanto externo. Cuidar mais de si e aumentar seu repertório comportamental é uma excelente maneira de prevenir problemas de saúde mental. Você pode começar de forma simples, fazendo um curso, estudando algo que não conhecia ou explorando de formas diferentes algo que já costuma fazer.

Mudar a alimentação, o horário de dormir ou o tipo de treino, por exemplo, são atitudes pequenas que podem fazer uma grande diferença. - Expandir seus próprios limites é terapêutico e previne desajustes, proporcionando a ampliação da espontaneidade e da criatividade. Comece a ler, conversar com as pessoas, praticar uma atividade física. Sair da zona de conforto é algo que não tem preço – afirma o psicoterapeuta. Se você é sedentário, saiba que esta condição está bastante associada aos problemas de saúde mental. Isso porque a rotina engessada, usando pouco o próprio corpo, anda na contramão do autoconhecimento. Praticar uma atividade física aumenta a percepção sobre si mesmo, suas capacidades, limitações e autoestima, ajudando-o a lidar melhor com o mundo ao seu redor. – Praticar uma atividade física extravasa a energia acumulada e permite conhecer melhor o próprio corpo, com suas potencialidades e capacidades, gerando um ciclo de autoestima muito positivo. É um grande diferencial na prevenção de problemas relacionados à saúde mental – diz Vitor. Não esqueça: tudo depende da sua mente. Cuide bem dela. E então, que tal começar hoje mesmo a fazer algo diferente para a sua saúde? Aqui no Mude1Hábito você encontra várias dicas para para promover a mudança de hábitos em sua vida, vivendo melhor e com mais qualidade.


Fonte: GloboEsporte

4 visualizações0 comentário