top of page

Ministério da Saúde repassará R$ 600 milhões a estados e municípios para cirurgias eletivas e exames



O Ministério da Saúde anunciou nesta quinta-feira (26) a transferência de R$ 600 milhões para estados e municípios realizarem mutirões de cirurgias eletivas, exames e consultas.


Na primeira fase, R$ 200 milhões estarão disponíveis para a realização de cirurgias eletivas, ou seja, cirurgias agendadas.

Os gestores locais do SUS deverão apresentar suas demandas ao ministério e os repasses serão feitos com base na população per capita do estado ou do município que acionar a pasta. O critério sobre como será esse acionamento - se por parte do município ou do estado - deverá ser negociado pelos gestores. Os recursos estarão disponíveis até junho.

Trata-se do primeiro repasse que será feito pelo Programa Nacional para Redução das Filas de Cirurgias Eletivas, Exames Complementares e Consultas Especializadas lançado pelo ministério. Precisamos melhorar o diagnóstico das filas. É um mistério completo às vezes esse número exato. — Helvecio Magalhães Junior, secretário de Atenção Especializada à Saúde "Não é um problema simples, portanto, não tem uma solução simples", acrescentou.

A redução de filas para cirurgias e exames é uma das prioridades para os 100 primeiros dias de governo anunciadas pela ministra Nísia Trindade.


Fonte: G1

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page