Massoterapeuta admite ter aplicado silicone em nutricionista que morreu após procedimento estético




O massoterapeuta Leonardo Lima de Souza admitiu em depoimento, segundo a polícia, que aplicou silicone nos glúteos de Patrícia Rodrigues dos Santos. A nutricionista de 34 anos passou pelo procedimento na terça-feira (20), em Alcântara, São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, e morreu na quarta (21) pela manhã.


A polícia informou que o massoterapeuta disse que o produto foi levado pela própria paciente. Leonardo de Souza não foi preso, mas vai responder por exercício ilegal da medicina – só médicos são autorizados a realizar este tipo de procedimento – e pode responder ainda por homicídio doloso.

Patrícia se sentiu mal após o procedimento e foi levada para o um pronto-socorro, mas não resistiu.

A clínica em que a nutricionista fez o procedimento estético antes de morrer não tem alvará de funcionamento, de acordo com as investigações. Pagou R$ 2,1 mil “Há uma suspeita de morte por microembolia, que é compatível com o uso deste produto. A gente aguarda um exame complementar para confirmar essa linha”, disse o delegado Allan Duarte.

Segundo a polícia, Patricia levou o material do enchimento e pagou R$ 2.151,80 pela intervenção.


Fonte: G1

7 visualizações0 comentário