Mais de 3,2 mil profissionais de saúde do Ceará solicitaram auxílio após contaminação por Covid-19



Mais de 3,2 mil profissionais de saúde do Ceará solicitaram auxílio por contágio pela Covid-19 ou seguro em caso de morte pela doença. O número é desde maio até a primeira semana de outubro e foi divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesa). Até o momento, 1.453 requisições foram pagas, mediante apresentação de documentos e análise dos critérios de cadastro.


O direito ao auxílio repassado pelo Fundo Estadual de Saúde (Fundes) assiste profissionais que atuam na rede estatual, autônomos e cooperados, que tenham sido afastados do trabalho por até 30 dias após infecção pelo novo coronavírus. Caso o período de ausência seja prolongado, os dias acrescidos serão inclusos no pagamento. O valor para técnico de enfermagem e profissional de nível médio é referente a um salário mínimo. São três salários mínimos para profissionais de nível superior e quatro para médicos. Cadastro O benefício deve ser solicitado por meio de um formulário preenchido com dados pessoais, bancários e anexo do atestado médico. Veja aqui.

Para o seguro por morte, o solicitante deve informar seus dados e do falecido, além de comprovar o grau de parentesco. O material será validado junto à unidade de trabalho. O formulário de seguro por morte pode ser acessado aqui.


Fonte: G1

6 visualizações

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Instagram