top of page

Mais de 1 milhão de pessoas estão com a dose de reforço atrasada no DF



Apesar das mais de 8 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 enviadas para o Distrito Federal (DF), 1 milhão de brasilienses não tomaram a dose de reforço ainda e mais 267 mil pessoas não completaram o ciclo vacinal primário. Os dados são da Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS).


Na intenção de incentivar a vacinação, o Ministério da Saúde, por meio de nota, destaca que estudos científicos revelam que a proteção vacinal é mais alta nos primeiros meses, mas pode apresentar redução. Logo, a dose de reforço pode reerguer a proteção.


“Os imunizantes são seguros, eficazes e evitam complicações e mortes ocasionadas pelo coronavírus. A proteção adicional é indispensável”, ressalta a nota do ministério.


O esquema vacinal exige que a dose de reforço para pessoas acima de 12 anos deve ser feita de forma heteróloga, ou seja, de vacina diferente das duas primeiras doses. De acordo com o estudo realizado pela Universidade de Oxford, a combinação dá mais eficácia à imunização.


O Ministério da Saúde distribuiu para o Brasil mais de 581 milhões de doses das vacinas Covid-19. No DF, mais de 7 milhões de imunizantes foram aplicados.


Fonte: Metrópoles

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page