Madri inaugura clube de masturbação exclusivo para homens



A capital da Espanha recebeu, nas últimas semanas, seu primeiro clube de masturbação exclusiva para homens. No espaço, as sessões em grupo chegam a durar até três horas, segundo seus administradores.


Em entrevista ao jornal "El País", Nacho G., de 43 anos, explicou ter se inspirado em clubes americanos do tipo, comuns desde a década de 1970. No "Pajas entre colegas" (Masturbação entre amigos, em espanhol) sexo não é permitido.

A versão espanhola do clube de "pajas" foi montada em um antigo bar na região metropolitana da capital, dentro de um bairro residencial. A lotação máxima, segundo reportagem do jornal, está em 70 pessoas, e o local foi todo redecorado com pinturas, telas e armário para guardar as roupas.

Além disso, há também música ambiente, com uma seleção de "jazz suave" e iluminação indireta, para acolher os visitantes que, contam os administradores, não costumam ir embora nem depois de chegar ao orgasmo.

“Eles ficam para repetir quantas vezes quiser, ou conseguir, durante as três horas que dura o evento", disse Nacho. "Entre um orgasmo e outro, sempre dá para conversar, como velhos amigos. Sem nenhum pudor."

Mas se engana quem acha que o clube de masturbação tem como público alvo apenas clientes gays. Heterossexuais também gostam de frequentar o espaço – e seu fundador, Nacho, é um deles. A discriminação também é proibida entre os membros do clube.

“Não discriminamos ninguém", explicou Nacho. "Não escolhemos os membros por conta da idade, raça, etnia, tipo de corpo, condição física ou orientação sexual."

Ele defende que o que ocorre dentro do clube não é necessariamente uma prática homossexual, mas sim homoerótica – e que é parte de sua missão naturalizar a aceitação dos corpos e reconhecer que homens identificados como heterossexuais podem desfrutar de uma masturbação em conjunto. Fonte: G1

9 visualizações0 comentário