Médico retira o útero junto com a placenta de mulher que dava à luz pela primeira vez

Alesia Tepikina, 22, foi deixa às traças pelo obstetra de plantão, depois que ele retirou a placenta dela juntamente com todo o sistema reprodutor da mulher.

Tragicamente, ela entrou em coma por causa da hemorragia, teve um choque e uma parada cardíaca que a levou à morte. O caso aconteceu em Nizhneserginskaya, Rússia.

O médico de 27 anos foi indiciado por negligência no atendimento que causou a morte da mulher e pode ir para a cadeia por até três anos ou enfrentar serviços sociais.

De acordo com o portal Mirror, uma investigação de seis meses concluiu que a mulher apresentou uma inversão do útero na hora do parto, ao contrário do dizia a Médica-Chefe do hospital, Elena Barannikova .

Ela assegura que o que ocorreu foi um evento raro, uma inversão espontânea do útero.

No entanto, especialistas que investigaram o caso dizem que a placenta deveria ser retirada manualmente com auxílio de anestesia. “Não controlar o processo ou puxão impróprio da placenta levou à completa torção do útero”.

O útero de Alesia foi reposicionada 4h15 minutos depois de ela ter dado à luz, tarde demais para salvar a mulher. A filha dela será criada pela família, que deve processar o médico no futuro.

Fonte: Metrojornal

#cirurgia #médico #placenta #útero

1 visualização

© 2020 Portal Saúde Agora. Tudo sobre SAÚDE em um só lugar!

  • Instagram