Médico brasileiro é demitido pelo WhatsApp e mensagem viraliza



Na última terça-feira (26), o médico ortopedista Victor Hugo Heckert, de 29 anos, publicou uma mensagem no Twitter e revelou que foi demitido do trabalho por uma mensagem do WhatsApp. A história viralizou no Twitter após a publicação do médico, que trabalhava em uma unidade de saúde em Barão Cotegipe, no Rio Grande do Sul.


De acordo com Heckert, a mensagem foi enviada por engano e deveria ser encaminhada para outro funcionário. Sua contratação foi realizada há apenas dois meses e meio por uma empresa terceirizada — um contrato de pessoa física foi assinado e ele atendia apenas às segundas e quintas-feiras.


"Mais ou menos 14h [de terça (26)], o funcionário da empresa que me contratou me mandou aquela mensagem e encaminhou o que tinham mandado para ele, se eu sabia que meu último dia seria na quinta. E eu não sabia", disse o médico ao G1.

Viralizou no Twitter

De qualquer forma, o contrato do médico exibe um aviso prévio de 30 dias, que não aconteceu. Por isso, Victor deve tentar resgatar a multa por essa quebra de contrato e, possivelmente, realizar uma ação por danos morais.


Felizmente, o ortopedista tem outros trabalhos e não deve ser tão afetado pela demissão. Para ele, o maior problema foi a forma antiprofissional e antiética como a demissão aconteceu. A publicação no Twitter já rendeu mais de 96 mil curtidas e dezenas de usuários compartilharam situações pessoais semelhantes.


Fonte: TecMundo

5 visualizações0 comentário