top of page

Médica tira barata do ouvido de paciente e viraliza; saiba o que fazer em situação semelhante



Na semana passada, uma nova situação inusitada viralizou no TikTok. Uma médica colombiana removeu uma barata do ouvido de uma paciente que reclamava de dor na orelha.


O registro do momento foi compartilhado pela profissional Paula Avalos, que faz residência no Hospital Departamental de Villavicencio, em Meta, na Colômbia. “Malditas baratas”, escreveu na legenda da publicação, que já acumula cerca de 2,1 milhões de visualizações, mais de 11 mil comentários e 40 mil curtidas até este sábado (2).


Logo no início das imagens, é possível identificar o inseto dentro do ouvido da paciente. Com uma pinça metálica, a médica remove a barata após uma tentativa falha.


Como agir em situações semelhantes?


Com frequência, indivíduos buscam cuidados médicos devido à presença de objetos estranhos no interior do ouvido, nariz ou garganta. Embora a maioria dos incidentes tenha desdobramentos leves ou até mesmo não causem problemas, alguns casos podem desencadear complicações sérias.


O médico otorrinolaringologista Igor Guerra explicou à CNN que é necessário se atentar a duas possibilidades de corpo estranho no ouvido, sendo elas: inanimadas, em caso de objetos como parafusos, bolinhas, miçangas, e animadas, como insetos.


Para as situações de corpos inanimados, não há urgência otorrinolaringológica, diferentemente de um corpo animado, que exige cautela, atenção e até prontidão de atendimento.


“Por estarem em movimento no conduto auditivo, a dor é intensa e praticamente insuportável, já que a região é muito vascularizada. Há chances, inclusive, de perfurações da membrana do tímpano, além de severos danos à audição, como surdez”, explica.


Caso aconteça, o especialista conta que uma forma de ação imediata é colocar vaselina líquida no ouvido para que o inseto deixe de se movimentar. “A vaselina irá imobilizar o bicho que estará em movimento, fazendo com que pare de arranhar a parede do conduto auditivo. Com isso, ao virar a cabeça, o corpo animado poderá escorrer e sair da região. Porém, caso isso não aconteça, é necessário procurar atendimento com urgência”.


O médico ainda conta que um ponto importante para considerar é quando o corpo estranho está inserido no nariz. “Independente se é um corpo animado ou inanimado, sempre é uma situação emergente, pois há possibilidade do indivíduo aspirar e ir para o pulmão”, explica.


Fonte: CNN

2 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page